Gaming House da Unity foi invadida por assaltantes

Organização carioca viveu terror em assalto premeditado

Gaming House da Unity foi invadida por assaltantes
(Foto: Reprodução Twitter @Solid1)

Cyber atletas e staff de League of Legends da Unity Telecom e-Sports passaram por uma madrugada tensa nessa terça-feira (10). Gaming house da organização em Niterói (RJ) foi invadida por assaltantes, que mantiveram os jogadores como reféns enquanto saqueavam a casa e inclusive tentaram sequestrar uma das pessoas presente no local.

Jogador Yuri “Solid1” Moura postou em sua conta do Twitter um resumo do que aconteceu:

Segundo apuração do site Mais e-Sports, tudo começou quando time abriu a porta para receber uma pizza após um dia de treinos que seguiu até de madrugada. Dois assaltantes abordaram quem abriu a porta e logo em seguida mais dois chegaram com um carro. Jogadores foram vítimas de uma prática de crime que está se popularizando: assaltantes se aproveitarem de entregas de produtos em residências para surpreender vítimas.

Um membro da staff conseguiu fugir e ligar para a polícia, que chegou exatamente quando os criminosos estavam saindo do local com o carro abarrotado de itens saqueados e a namorada do jungler Paullo “Pawllera” Gabriel como refém dentro do carro. Houve troca de tiros e três dos quatro criminosos foram presos pela PM. Nenhum dos reféns se machucou.