CBLoL: Em sábado longo, Flamengo e CNB saem vitoriosos
(Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)

CBLoL: Em sábado longo, Flamengo e CNB saem vitoriosos

Dia foi marcado por problemas técnicos que comprometeram o andamento das partidas

clamontalvao
Clarissa Montalvão

O sábado (23) da Semana 3 do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) foi marcada por problemas nos computadores, mas também por belíssimas vitórias nas duas séries muito disputadas, com direito a 3 jogos em cada, um remake e último jogo do dia finalizando por volta de 21h30, um recorde por conta de atrasos causados pelos problemas técnicos dos computadores.

INTZ 1 - 2 FLAMENGO

No primeiro jogo, Shrimp foi o grande destaque. Graças ao seu ataque sobre Envy, Goku conseguiu ficar na frente, o que liberou o midlaner para ajudar nas invasões à selva da INTZ. Flamengo pressionou bastante os Intrépidos a partir daí, saindo vitorioso na maioria das lutas de equipe e ficando cada vez mais forte.

Na segunda partida foi a vez a INTZ dar o troco. Os Intrépidos deixaram de lado os picks mais tradicionais e mostraram que também conseguem se adaptar ao novo meta. Time manteve a dinâmica do bot de RedBert e Absolut, mas nessa partida Envy (Kai´Sa) e Shini (Braum) andaram juntos entre a selva e o meio. Os Intrépidos conseguiram acelerar o jogo e atropelar o Fla.

Estando então empatados, o Flamengo mostrou disciplina ao controlar o mapa em direção à vitória da série. O time não deu espaço para a INTZ, atuou muito bem nas rotas laterais e garantiu todos os Dragões Elementais do jogo. Qualquer deslize da INTZ era duramente penalizado.

(Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)
(Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)

CNB 2 - 1 PROGAMING

Essa série foi disputadíssima e após uma pausa extremamente longa para tentar resolver problemas técnicos com um dos computadores ainda na primeira partida, CNB e ProGaming concordaram em anular o primeiro jogo e realizar um remake, desde os picks e bans.

Os dois times mostraram muita garra em partidas bem longas, em que qualquer errinho podia prejudicar bastante a equipe que o cometesse.

No primeiro jogo válido, ambos os times erraram bastante. ProGaming começou abrindo vantagem de mais de 6 mil de ouro, pressionando a CNB por bastante tempo, mas esta conseguiu virar o jogo através da força bruta em combates de equipe muito bons. Blumers assumiram o controle da partida e parecia que iam vencer, mas os Caveiras conseguiram se reorganizar, fazer o Barão e o Dragão Ancião, e vencer a partida.

(Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)
(Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)

Na segunda partida, a CNB se apoiou bastante no Robo e seu Master Yi para carregar, jogando ao redor dele. Aconteceram alguns erros, Robo morreu um pouco mais do que precisava, ponto para a PRG por aproveitar esses momentos, mas mesmo assim o jogador foi bem e carregou a CNB para a vitória.

Por fim, chegou a vez do terceiro jogo para o desempate da série. Baiano foi primoroso jogando de Sejuani para desacelerar a ProGaming e parar o Minerva. Rakin aproveitou vários espaços nas lutas e fez um estrago no time inimigo. Desse modo, a CNB conseguiu crescer e ditar o ritmo da partida.

VAVEL Logo
CHAT