Entenda por que jogadores do Brasileirão são genéricos e 'fakes' no FIFA 
Foto: Divulgação / EA Sports

No FIFA, jogo de videogame sobre futebol, os jogadores do Campeonato Brasileiro são falsos, tendo outro nome, outra feição, outras características etc. Desde o ano de 2015, a Eletronic Arts não produz o game com os times brasileiros reais, mas não é por acaso. A última edição que possuiu os campeonatos nacionais do país reais, foi no FIFA 14, o qual tinha Rogério Ceni atuando pelo São Paulo.

Mais de 450 jogadores entraram na justiça contra a companhia de video game americana. Os atletas cobram uma grande quantia, por seus direitos de imagem, utilizados no jogo no período entre 2005 e 2014. A EA Sports perdeu o processo judicial, tendo que desembolsar cerca de R$ 6,5 milhões de reais pela reprodução não autorizada deles.

Com isso, cada um dos 450 que processaram, receberá um valor de 5 mil reais, por cada edição dentro do período mencionado anteriormente. Vale destacar que nove jogadores da Chapecoense, falecidos no acidente aéreo em 2016, estão no processo.

É por conta desse motivo, que os clubes brasileiros não possuem seus jogadores reais no game. Ainda não há uma previsão de quando voltará ao “normal”, e a Eletronic Arts poderá adicionar no jogo os jogadores reais. No FIFA 21, que será lançado no início do mês que vem, apresentará os clubes brasileiros com jogadores irreais, tendo somente seus escudos, nomes e uniformes verdadeiros.

Ao contrário da EA Sports, a Konami, empresa que produz o PES, possui os direitos para ter os jogadores do Campeonato Brasileiro de acordo com a realidade. O Pro Evolution Soccer é também um game de futebol, parecido com o FIFA, que tem esta vantagem dos jogadores reais. Por conta disso, muitos brasileiros optam por comprar o PES, justamente pelo fato de poder comandar seu clube de coração em seu estádio e com os jogadores.

Além disso, por conta dessa ausência, muitos players de Fifa que torcem para algum time do Brasil, precisam esperar uma venda de algum jogador a um clube estrangeiro, para jogar com o mesmo. Um exemplo é o Antony, ex-jogador do São Paulo, que foi vendido ao Ajax no meio deste ano. O atacante estará no próximo Fifa com um “overall” de 78, atuando pelo clube holandês.

O FIFA 21 será lançado no dia 9 de outubro, para praticamente todos os videogames. Apesar disso, os compradores que adquirirem a versão “Champions” do game, poderão utilizá-lo três dias antes, no dia 6. Ao contrário do jogo da EA Sports, o PES 2021 foi lançado no dia 15 deste mês. O preço de cada game é, respectivamente, R$298,90 e R$179,90.

 

VAVEL Logo