CBLOL: ProGaming surpreende Keyd e Kabum vence Pain

Em belíssima série ProGaming destrói exódia e vence sem grandes dificuldades, já no confronto entre Pain e Kabum, a equipe vinda do Circuito Desafiante conquista sua segunda vitória

CBLOL: ProGaming surpreende Keyd e Kabum vence Pain
(Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)

O segundo dia de competições da segunda semana do CBLOL trouxe três equipes que vieram de vitória da semana passada. Keyd precisava vencer a ProGaming para empatar na liderança com a Red Canids Corinthians, que ontem venceu e Kabum e Pain disputariam série para também chegar a primeira colocação do campeonato, já a ProGaming tentava esquecer a derrota da semana anterior e conquistar seus primeiros três pontos.

ProGaming 2 - 0 Vivo Keyd

No primeiro jogo, vimos uma Vivo Keyd completamente dominada pelas invasões do caçador Minerva sobre Revolta, o controle de visão do time da ProGaming, a todo o momento eles tinham total consciência de onde Revolta estava e o que estava fazendo.

Aos sete minutos de jogos em ótima emboscada de Minerva na rota do meio a primeira eliminação é garantida para a Cassiopéia de Goku, em resposta Revolta tentou uma emboscada na rota inferior porém apenas o flash foi gastou pelo suporte Professor. Já aos onze minutos após realizar o dragão infernal, Minerva tenta um dive na rota inferior, porém em jogada extremamente mal executada apenas morre dando uma eliminação para Micão, atirador da Vivo Keyd.

Com o passar do jogo a ProGaming começou a mostrar ao que veio, aos 16 minutos após luta na rota do meio, conseguiu eliminar dois jogadores e conquistar seu segundo dragão elemental. Novamente na rota do meio aos 21 minutos a ProGaming faz o cerco a segunda torre, a derruba e com excelentes ultimates de Goku e Professor e ótimo posicionamento de Luskka eliminam quatro jogadores e derrubam o inibidor e uma torre do nexus.

A Vivo Keyd ainda consegue se defender por dez minutos porém é vencida e perde o primeiro confronto pelo placar de nove eliminações a uma.

(Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)
(Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)

No segundo jogo a ProGaming teve um começo mais lento porém logo mostrou que veio para conquistar os três pontos sobre a nunca vencida em séries Vivo Keyd. Diferentemente do primeiro jogo, a Keyd conseguiu conquistar a primeira eliminação sobre o caçador Minerva na rota do meio, porém após sucessivas lutas na rota do meio a ProGaming abriu ampla vantagem em eliminações o que a possibilitou a conquista de vários objetivos.

Com uma composição com muitos controles de grupos tudo que a ProGaming precisava era lutar, e foi exatamente isto que fez, com um placar elástico de 15 eliminações contra apenas quatro da Keyd encerrou o jogo aos 28 minutos.

Esta foi a primeira derrota em série oficial dessa line-up da Keyd desde que estão juntos.

Kabum 2 - 1 Pain Gaming

Em série entre dois vencedores da primeira semana, o primeiro jogo começou com vários erros táticos. Em tentativa de invasão do caçador Ranger a selva de Tay o caçador acabou sendo eliminado por Tinowns lhe dando recursos o suficientes para recuperar sua fase de rotas que estava sofrendo muita pressão contra o Ryze de Dynquedo.

Entretanto mesmo com a primeira eliminação a Pain não soube administrar a vantagem, e após uma tentativa de dive aos 15 minutos de jogo teve dois jogadores eliminados o que possibilitou a derrubada da torre da rota do meio em favor da Kabum, abrindo grande vantagem no controle do mapa.

Em luta pelo barão aos 30 minutos de jogo, Titan com sua Kalista realiza um quadra kill, e a Kabum vence o jogo com um placar de 15 eliminações a cinco.

(Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)
(Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)

O segundo jogo começou mais lento que o primeiro, apesar de conquistar a primeira eliminação na rota do topo sobre Takeshi após emboscada do caçador Ranger, a primeira grande luta só foi acontecer aos 24 minutos após a realização do barão por parte da Kabum, porém a mesma acabou perdendo a luta na sequência e de pouco aproveitou a vantagem do objetivo conquistado.

Aos 30 minutos, próximo do nascimento do segundo barão da partida, a Pain consegue ótima luta no rota superior e elimina três jogadores da Kabum e garante o objetivo, este utilizado para derrubar o inibidor da rota inferior, eliminar dois jogadores da Kabum e garantir o empate na série e a disputa do terceiro jogo.

Takeshi com seu Ornn foi o destaque do segundo jogo (Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)
Takeshi com seu Ornn foi o destaque do segundo jogo (Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)

O terceiro e último jogo da série demorou para deslanchar, a primeira eliminação foi conquista apenas aos 14 minutos após um dive na rota do meio o que garantiu uma dupla eliminação para Dynquedo. A Kabum soube usar muito bem a vantagem de ter uma Kalista e conseguiu garantir quatro dragões elementais, sendo três deles de terra, estes essenciais para a destruição de objetivos.

Aos 28 minutos a Kabum conquista seu segundo barão na partida sem contestação alguma por parte da Pain, vai para a rota do meio e após luta extremamente atrapalhada por parte da Pain vence a série e assume a liderança ao lado da Red Canids Corinthians.

(Foto: Divulgação/Riot Games Brasil
(Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)


O CBLOL retorna na próxima semana, 03 de fevereiro, com confrontos entre: Pain Gaming vs CNB e Team One vs Vivo Keyd, as partidas serão transmitidas pelo canais oficiais da Riot Games Brasil na Twitch TV e Youtube.