Tony Romo quebra osso das costas e não tem previsão de volta

O quarterback se lesionou durante o jogo contra o Seattle Seahawks e preocupa a comissão técnica do Dallas Cowboys

Tony Romo quebra osso das costas e não tem previsão de volta
Foto: Divulgação/Cowboys/Joe Nicholson/USA TODAY Sports

O Dallas Cowboys tem uma razão a mais para se preocupar. Após ficar fora durante quase toda temporada no último ano, Tony Romo quebrou um osso das costas e sua presença é incerta nos próximos jogos da franquia. O treinador Jason Garrett confirmou a lesão na tarde deste sábado (28).

Durante a partida diante do Seattle Seahawks, no CentryLink Field, Tony Romo tentou fazer uma jogada fora do pocket e foi atingido por Cliff Avril, sendo sackado e caindo de costas no gramado. Depois de receber atendimento demorado, o quarterback saiu do campo andando e Jason Garrett, técnico da equipe, afirmou que não era nada muito sério, mas ele não voltou ao confronto.

SAIBA MAIS: Seahawks bate Cowboys em jogo marcado pela contusão de Tony Romo

Entretanto, a franquia não recebeu uma notícia positiva neste sábado, poucos dias antes do início da temporada regular. Após realizar ressonância magnética, foi confirmado que Romo quebrou um osso das costas e precisará ficar fora dos gramados por tempo indeterminado. Garrett afirmou que não tem relação com as cirurgias que o jogador fez em 2013.

Esse é o quarto ano que o jogador perde pelo menos um jogo por lesão. Em 2013, ele perdeu o fim da temporada quando precisou fazer uma discectomia por
hérnia de disco nas costas. Já em 2014, ele teve duas fraturas transversais nas costas - o que pode ter agravado o problema de agora. No ano passado, Romo perdeu doze jogos por fratura na clavícula.

A expectativa é que o quarterback perca de seis a dez semanas para se recuperar da lesão. Entretanto, o treinador Jason Garrett não descartou a possibilidade dele atuar na semana um diante do New York Giants.

Nas últimas cinco temporadas, o Dallas Cowboys perdeu treze dos quatorze jogos sem Tony Romo. Para piorar a situação da franquia, os dois primeiros confrontos nesta temporada são diante de Giants e Washington Redskins, adversários da NFC East.