49ers sofre com turnovers e Arizona Cardinals vence em São Francisco

Franquia não conseguiu vencer em casa e viu Arizona dominar o segundo tempo inteiro

49ers sofre com turnovers e Arizona Cardinals vence em São Francisco
Foto: Slingshot Photoo/Arizona Cardinals
Arizona Cardinals
33 21
San Francisco 49ers

Em confronto direto da NFC West, o Arizona Cardinals conseguiu se impor diante do San Francisco 49ers e, em péssimo dia do QB Blaine Gabbert, saiu com a vitória por 33 a 21 da casa do adversário. A franquia ainda teve show de Larry Fitzgerald e David Johnson com com dois touchdowns cada, aproveitando três turnovers do 49ers.

Finalmente o Cardinals saiu da última colocação de sua divisão. Em confronto fraco no primeiro tempo e mais movimentado no segundo, a franquia de Arizona conseguiu se acertar e viu seu ataque funcionar mesmo com a ausência de Carson Palmer, que não passou no protocolo de concussão a tempo do duelo e ficou de fora.

Com esse resultado, o Cardinals chega a sua segunda vitória da temporada e ultrapassa o 49ers na NFC West. A franquia de San Francisco passa para a última colocação com uma vitória e quatro derrotas.

Na próxima semana, o San Francisco 49ers viaja até Buffalo para enfrentar o Bills, no domingo (16), às 14h. Já o Arizona Cardinals fecha a sexta semana da temporada regular recebendo o New York Jets em casa, na segunda-feira (17), às 21h30.

Equipes marcam apenas no segundo quarto em jogo com muitos punts

Fraco foi o adjetivo mais leve para o período inicial. Com início abaixo do esperado, as equipes não souberam trabalhar a bola e as defesas predominaram. O ataque do 49ers forçou bastante um primeiro quarto ruim, tanto que o QB Blaine Gabbert foi sackado três vezes - mais do que nos quatro primeiros jogos juntos - e não conseguiu sair do lugar. Ao todo, foram nove primeiras descidas e oito punts, ilustrando a dificuldade ofensiva.

No segundo quarto, a história do jogo começou a ficar mais interessante. Após finalmente converter as primeiras descidas e avançando em campo, o QB Blaine Gabbert conseguiu chegar na redzone e concluiu a conexão para Jeremy Kerley colocar os primeiros 7 pontos no placar.

Gabbert insistiu tanto para frear a reação de San Francisco que, em lançamento ruim, aconteceu o desvio e a bola foi parar nas mãos do DE Calais Campbell. Na jogada seguinte, a bola encontrou a fera e Larry Fitzgerald marcou os primeiros pontos do Cardinals para empatar o confronto.

Arizona segura ataque do 49ers e consegue boa vantagem

Logo no kickoff, o 49ers resolveu se complicar. No retorno, San Francisco sofreu um fumble perto de sua endzone e logo na primeira campanha levou o touchdown de David Johnson. Ainda no terceiro quarto, o QB Drew Stanton mandou um ótimo passe de mais de 40 jardas para Larry Fitzgerald marcar seu segundo touchdown e deixar o placar em 21 a 7.

Após mais uma pontuação do adversário, o 49ers acordou e conseguiu diminuir a desvantagem. A uma jarda da endzone, Gabbert entregou nas mãos do RB Carlos Hyde e ele correu sozinho para dentro da área do Cardinals, deixando o placar em 21 a 14.

Porém, o dia ruim de Blaine Gabbert voltaria a assombrar o 49ers quando, logo no início do último quatro, Marcus Cooper conseguiu interceptação em cima do QB e a bola voltou para Cardinals. Apesar das tentativas da franquia de Arizona, o time não conseguiu avançar o suficiente e Chandler Catanzaro foi para campo, acertando o chute de 36 jardas e abrindo o marcador em 24 a 14.

Definitivamente David Johnson estava em dia espetacular e, com 27 recepções e 157 jardas, ele recebeu mais uma bola de Drew Stanton e marcou seu segundo touchdown da noite, ampliando ainda mais a vantagem de Arizona.

Já no fim do jogo e sem ter muitas esperanças, o San Francisco 49ers conseguiu avançar em campo e chegou até a redzone. Na primeira descida, Blaine Gabbert não quis nem saber e resolveu sozinho, correndo até a endzone e fechando o placar em 33 a 21.