Com grande atuação de Jay Ajayi, Dolphins bate Steelers e se recupera na temporada

Ataque terrestre de Miami tem grande atuação jogando em casa e ainda sonha com vaga nos playoffs

Com grande atuação de Jay Ajayi, Dolphins bate Steelers e se recupera na temporada
Foto: Divulgação/Getty Images
Miami Dolphins
30 15
Pittsburgh Steelers

Na tarde deste domingo (16), o Miami Dolphins recebeu o Pittsburgh Steelers, no Hard Rock Stadium, em confronto válido pela semana 6 da NFL. Os mandantes saíram vencedores, contando com grande participação do seu jogo terrestre.

Jay Ajayi foi o destaque da partida, correndo para 204 jardas e anotando 2 touchdowns. Ryan Tannehill também obteve destaque, lançando para 252 jardas em 24 conexões de 34 tentativas.

Os Dolphins estão com duas vitórias e quatro derrotas na temporada.  Mesmo com derrota, os Steelers ainda lideram a divisão com quatro resultados positivios e dois tropeços. O próximo compromisso de Miami é encarar os Bills, rival de divisão, novamente na Florida. Já Pittsburgh recebe o New England Patriots no Heinz Field. Ambas as partidas serão no domingo (23).

Ataque dos Dolphins se sai melhor e franquia de Miami vai para o intervalo em vantagem

Reconhecidos como um dos melhores ataques da liga, com jogadores top 5 em suas posições em Ben Roethlisberger, Antonio Brown e Le'Veon Bell, o Pittsburgh Steelers começaram atacando. Big Ben até concectou alguns passes curtos para Bell, e também se utilizou de corridas com o ótimo backup RB D'Angelo Williams, mas um punt foi o ponto final do primeiro drive da partida.

Ryan Tannehill agora tinha em mãos a chance de sair na frente no placar. O QB liderou os Dolphins até o field goal, com um drive bastante dinâmico, que teve como destaque a bela conexão de Tannehill com Jarvis Landry, para 22 jardas. Andrew Franks chutou com sucesso o FG de 30 jardas, inaugurando o marcador.

Os Steelers voltaram a ofensiva. E rapidamente já anotaram o primeiro touchdown do dia. Darius Heyward-Bey fez papel de running back e disparou rumo a end zone. Uma corrida de 60 jardas, dando a liderança aos Steelers. Após conversão de dois pontos bem sucedida, o placar marcava 8 a 3 para a franquia de Pittshburgh.

Foram dois drives, um de cada lado, sem sucesso até que o placar se alterasse de novo. Novamente o kicker de Miami teve a incumbência de anotar pontos para seus companheiros. Chute de 23 jardas, no meio do Y. 

Com apenas dois pontos a frente agora, a franquia que mais venceu Superbowls na história sofreu o primeiro turnover da tarde. Ben Roethlisberger foi interceptado por Reshad Jones. Agora com um campo de avanço curto, parecia que sairia o primeiro TD dos Dolphins. Porém, uma penalidade de 10 jardas dificultou o serviço, sobrando apenas mais um field goal da parte de Andrew Franks. 9 a 8 para Miami.

Se não bastasse ter de bater Miami nos seus domínios, agora os Steelers teriam de o fazer, aparentemente, sem Big Ben. O quarterback foi para os vestiários com uma aparente lesão no joelho, dando lugar a Landry Jones. Sem um dos melhores QB's da NFL, Pittsburgh fugiu para um dos melhores running backs da liga. Le'Veon Bell até conseguiu algumas primeiras descidas, mas logo a bola já estava de novo em posse dos Dolphins.

Ryan Tannehill continou passando a bola com precisão. Passes curtos, longos. Nesse drive, uma conexão de 39 jardas para Jarvis Landry deixou a franquia do estado da Florida a um passo da end zone. Damian Williams correu uma jarda e anotou o primeiro TD para os donos da casa. Após o extra point, 16 a 8 para o Miami, placar final do segundo quarto.

Ataque terrestre dos Dolphins faz a diferença e Miami confirma vitória

No terceiro período, a bola foi para o colo dos Dolphins. Em um drive longo e paciente, com diversas corridas ótimas do RB Jay Ajayi, Tannehill parecia liderar pacientemente o lado ofensivo para mais seis pontos. Porém, a tentativa de FG foi o máximo que conseguiram. Tentativa porque o chute de Franks foi bloqueado por Daniel McCullers, tirando os pontos das mãos dos mandantes.

Roethlisberger retornou para o campo, e voltou a liderar sua squad. Passes certeiros para Elijah Rogers e Antonio Brown davam esperanças aos fãs de Pittsburgh. O veterando D'Angelo Williams também tinha boa performance, com uma bela corrida de sete jardas. Mas, o filme se repetiu. Big Ben foi novamente interceptado, dessa vez por Isa Abdul-Quddus.

Ajayi estava torturando a defesa terrestre dos Steelers. 33 jardas e a corrida mais longa até então. Os mandantes estavam novamente na red zone, podendo estender ainda mais a vantagem. E não poderia ser outro a marcar o touchdown. Jay Ajayi coroou a boa campanha e correu para end zone, deixando a partida com o placar de 23 a 8, após o extra point.

Os Steelers simplesmente não conseguiam encaixar ofensivamente. Roethlisberger estava descalibrado e as corridas de Le'Veon Bell era pouco efetivas. Os Dolphins agora começavam a queimar o relógio, correndo com a bola. Ajayi continuava seu domínio sobre os linebackers e a linha ofensiva de Pittsburgh, mas no final do drive o placar se manteve igual.

Com menos de cinco minutos no relógio, Pittsburgh até ensaiou uma reação. Big Ben encontrou Cobin Hamilton que diminuiu a vantagem para 23 a 15. Mas logo depois, o ânimo dos visitantes foi cortado.

Ele, Jay Ajayi, anotou outro touchdown, dessa vez de 62 jardas, recolocando o Miami Dolphins novamente em confortável vantagem. Depois do extra point, o placar mostra 30 a 15. Com menos de um minuto restando na partida, nada mais poderia ser feito. Vitória dos Dolphins.

Giants vence Ravens com show de Odell Beckham Jr

Em outra partida da tarde de hoje, o New York Giants conquistou importante vitória frente o Baltimore Ravens, em partida disputada no MetLife Stadium, em Nova Iorque. Em um jogo decidido apenas nos momentos finais, o placar final mostrou o resultado de 27 a 23 para os Giants.

O destaque da partiram foi o WR Odell Beckham Jr, que recebeu para 222 jardas, além de marcar o touchdown da virória, com menos de dois minutos restantes. Eli Manning teve altos e baixos, lançando para 3 touchdowns, mas também 2 interceptações.

Na semana 7 da NFL, os Giants vão à Londres, onde pegam os Rams. O Baltimore pega a outra franquia da Big Apple. Ravens e Jets acontece no mesmo MetLife Stadium.