Chargers vira na prorrogação, bate Falcons e continua recuperação na NFL

Franquia californiana sai na frente, fica 17 pontos atrás, busca empate e vence na prorrogação em Atlanta

Chargers vira na prorrogação, bate Falcons e continua recuperação na NFL
Foto: Divulgação/Atlanta Falcons
Atlanta Falcons
30 33
San Diego Chargers

Eletrizante. Esse é um dos adjetivos que o duelo entre Atlanta Falcons e San Diego Chargers pode receber. Em confronto válido pela semana 7 da NFL, quem levou a melhor na partida no Georgia Dome foram os Chargers, na prorrogação. Josh Lambo chutou o field goal que deu a vitória para a franquia do sul da Califórnia.

O destaque da partida foi o running back Melvin Gordon. Com 68 jardas terrestres e 53 aéreas, o camisa 28 foi o responsável de anotar todos os três touchdowns de San Diego. Phillip Rivers também foi bem e angariou 371 jardas aéreas, além de um TD e uma INT. Nos Falcons, Julio Jones merece destaque pelas 174 jardas de recepção, embora sem touchdowns.

Na próxima semana os Chargers encaram seu rival de divisão Denver Broncos, no Colorado. Os Falcons recebem os Packers no mesmo Georgia Dome. Ambos os duelos serão no domingo (30).

Ataque se sobressai e Falcons abre vantagem

Colocando frente a frente dois dos grandes quartebacks da NFL, foi o San Diego Chargers que saiu em vantagem. O primeiro drive da partida teve como destaque a belíssima conexão de Phillip Rivers com Tyrell Williams, para 49 jardas, colocando a franquia do sul da Califórnia na boca da end zone. Melvin Gordon completou o serviço e anotou os primeiros pontos do embate.

Matt Ryan não deixou por menos e mostrou porque é o primeiro colocado em QBR na temporada. Usando e abusando de Julio Jones, "Matty Ice" encaixou belos passes, mas acabou tendo que se conformar com um field goal de Matt Bryant.

Rivers voltou à ofensiva mas não por muito tempo. No quinto snap do drive de San Diego, Deion Jones interceptou o quarterback de 34 anos e correu 42 jardas, colocando Ryan em boa posição de campo. Porém, foi Matt Bryant que de novo teve a incumbência de anotar pontos para Atlanta. O placar nesse momento era de 7 a 6 para os Chargers. O próximo drive dos visitantes foi de altos e baixos. Rivers e Williams continuavam a conseguir bons avanços, mas no fim das contas um field goal de Josh Lambo definiu o ganho de apenas três pontos para os comandados de Mike McCoy.

Foi então que o ataque dos Falcons finalmente mostrou todo seu potencial. Com muito dinamismo, os mandantes marcharam até a end zone adversária. Tevin Coleman com corridas eficientes, Devonta Freeman se aproveitando de passes curtos e Julio Jones machucando a secundária de San Diego culminaram com o touchdown do tight end Jacob Tamme. Atlanta na frente.

Não demorou muito para a vantagem ser estendida. Após um three and out, Matt Ryan já estava novamente liderando seus companheiros no ataque. Com bons bloqueios da linha ofensiva, Tevin Coleman correu 20 jardas quase sem ser tocado até o touchdown. E o que era ruim podia ficar pior. Phillip Rivers sofreu fumble perto da end zone, forçado por Vic Beasley. Adrian Clayborn recuperou a bola e chegou a mais um TD para os donos da casa. Após o extra point, 27 a 10 para Atlanta.

Os Chargers voltaram a conseguir produzir ofensivamente. Travis Benjamim apareceu para o jogo e anotou um avanço muito importante no drive. Melvin Gordon foi quem achou a end zone novamente, novamente em uma corrida de três jardas. Diferença em 10 pontos no intervalo. 

Chargers se recupera e busca empate: prorrogação

No início do terceiro período, as equipes voltaram devagar, após uma primeira etapa de muitos pontos. Poucos avanços e alguns punts dominaram os primeiros minutos da volta do intervalo. Quem acabou com a seca de pontos foi San Diego. Josh Lambo chutou com sucesso field goal de 37 jardas, colocando a distância em apenas uma posse de bola.

O drive seguinte dos Falcons teve um personagem: Devonta Freeman. O running back foi muito acionado por "Matty Ice" e praticamente carregou seus comapanheiros nas costas. Duas corridas de 15 jardas, além de uma recepção para iguais 15 jardas colocaram sua franquia em situação confortável. 

Porém, o touchdown ficou engasgado. Joey Bosa "sacou" Ryan e tornou o avanço longo para um first down. Freeman ficou a uma jarda da marca mínima e a franquia da Georgia teve de se contentar com mais um field goal de Matt Bryant.

Após os três pontos entrarem na conta dos Falcons, uma campanha longa dos Chargers colocou suspense no desfecho do jogo. Phillip Rivers superou alguns sacks e hits durante a campanha e contou com seu coro de recebedores funcionando, além de corridas de Gordon para chegar a end zone. Terceiro TD da noite para Melvin Gordon, dessa vez de recepção, após passe de Rivers. Apenas um field goal separava as equipes, faltando menos de seis minutos para o fim.

Cabia então a Matt Ryan e seus companheiros de time confirmarem a vitória. Mas, a tensão do final não iria embora. Em um passe sem fundamento, Ryan praticamente entregou a bola nas mão de Denzel Perryman, enchendo a franquia da Califórnia de moral.

Com três minutos no relógio, era a chance dos Chargers de virarem a partida e saírem com a vitória. Utilizando vários recebedores, Rivers caminhou com segurança até a a red zone. Porém, a virada ficou no quase. O empate, no entanto, foi alcançado. Josh Lambo não decepcionou e igualou o marcador.

Com menos de 20 segundos no relógio era de se imaginar que nada de mais aconteceria. Mas nesse confronto eletrizante não seria assim tão simples. Julio Jones deixou os Falcons com uma chance de um field goal vencedor, ganhando quase 40 jardas nesse meio tempo. Matt Bryant chegou muito perto de dar a vitória à Atlanta, mas a bola bateu no poste. Prorrogação.

San Diego aproveita chance e vence na Georgia

No extra time os Falcons receberam a bola primeiro, e com um touchdown venciam a partida. Mas falharam em uma quarta pra uma, deixando San Diego em uma ótima posição de campo, precisando apenas de um field goal para a vitória.

Rivers só avançou o necessário e deixou o resto com Josh Lambo. O kicker encontrou seu momento de glória, chutando da distância de 42 jardas o field goal da vitória dos Chargers. Final, Atlanta Falcons 30 x 33 San Diego Chargers.

Buccaneers bate 49ers na Califórnia e se recuperam na temporada

Em outro jogo da semana 7 da NFL, o Tampa Bay Buccaneers venceu o San Francisco 49ers no Levi's Satdium, na Califórnia. A franquia de San Francisco até começou bem, mas depois foi totalmente dominada por Jameis Winston e seus companheiros de time.

Winston foi mesmo o destaque do jogo, lançando para 269 jardas, 3 touchdowns e uma interceptação. Jacquizz Rodgers também foi muito bem, conseguindo 154 jardas por terra. Pelo lado de San Francisco, Colin Kaepernick angariou 143 jardas, um TD e uma INT.

Na semana 8 da NFL, os niners recebem uma folga, já que encaram sua bye week. Os bucs recebem os Raiders em Tampa.

Confira os outros resultados da semana 7 da NFL

Quinta, 20/10

Green Bay Packers 26 x 10 Chicago Bears

Domingo, 23/10

11h30min

Los Angeles Rams 10 x 17 New York Giants

15h

Cincinatti Bengals 31 x 17 Cleveland Browns

Detroit Lions 20 x 17 Washington Redskins

Jacksonville Jaguars 16 x 33 Oakland Raiders

Kansas City Chiefs 27 x 21 New Orleans Saints

Miami Dolphins 28 x 25 Buffalo Bills

New York Jets 24 x 16 Baltimore Ravens

Philadelphia Eagles 21 x 10 Minnesota Vikings

Tennessee Titans 26 x 34 Indianapolis Colts

19h30min

Pittsburgh Steelers 16 x 27 New England Patriots

22h30min

Arizona Cardinals x Seattle Seahawks

Segunda, 24/10, 22h30min

Denver Broncos x Houston Texans