Após admitir agressão contínua na esposa, kicker Josh Brown é dispensado pelos Giants

Documentos que mostram depoimentos do jogador admitindo abusar da esposa, Molly Brown, foram divulgados

Após admitir agressão contínua na esposa, kicker Josh Brown é dispensado pelos Giants
Carreira de Josh Brown na NFL teve seu fim | Foto: Getty Images

Após três temporadas com o New York Giants, o kicker Josh Brown teve seu contrato encerrado nesta terça-feira (25) depois de admitir que violentava sua esposa, Molly Brown. Em investigação da polícia, foram coletados depoimentos do jogador revelando que cometia agressões fisicas, verbais e emocional contra sua, agora, ex-mulher.

Há 13 anos na NFL, o kicker de 37 anos foi colocado na lista de isentos na última sexta-feira (21), quando o vice-presidente sênior da NFL, Adolpho Birch, enviou uma carta a Brown dizendo que queria investigar os documentos divulgados, em que atleta admite abusar de Molly Brown. A suspensão afastou o jogador de suas atividades em treinos e jogos, mas ele continuou recebendo seus salários (US$ 1,5 milhão aproximadamente).

Depois de não atuar na vitória da equipe  no último domingo (23), sobre o Los Angeles Rams, por 17 a 10, em Londres, a franquia de New York finalmente anunciou a rescisão com o jogador, nesta terça-feira (24). Apesar de o técnico da equipe, Ben McAdoo, ter demonstrado apoio ao jogador, a decisão parecia ser uma questão de tempo.

Josh Brown deixa a liga após fazer sua estreia no ano de 2003, quando foi draftado na sétima rodada pelo Seattle Seahawks. Em 2008 o kicker rumou para o St. Louis Rams, onde ficou até 2011. Em 2012 atuou pelos Jets e Bengals, até chegar no Giants, franquia que defendeu de 2013 a 2016.