Saints derrota Seahawks de virada e conquista terceira vitória na temporada

Em jogo disputado até o final, ataque e defesa de ambas as equipes brilham; Saints garante terceira vitória na temporada

Saints derrota Seahawks de virada e conquista terceira vitória na temporada
(Foto: Divulgação/New Orleans Saints)
New Orleans Saints
25 20
Seattle Seahawks

Nas últimas três vezes em que se enfrentaram, os Seahawks venceram os Saints. O jogo deste domingo (30), na casa dos Saints, foi o primeiro encontro entre as duas equipes desde os playoffs de 2014, ano em que Seattle conquistou o Super Bowl.

O time veio de uma campanha de quatro vitórias, uma derrota e o empate no jogo bizarro contra o Arizona Cardinals, na semana sete. Enquanto os adversários, de New Orleans, têm apenas duas vitórias nesta temporada, e sofreu quatro derrotas, sendo duas delas em casa.

As faltas cometidas pela equipe de Seattle marcaram o jogo no Superdome. O time perdeu, somando todas as penalidades, um total de 76 jardas, o que certamente foi crucial para que não conseguissem a vitória.

O equilíbrio em que o jogo se manteve se deve ao bom desempenho tanto da linha defensiva dos Hawks, quanto ao bom jogo e à perseverança do ataque dos Saints. 

O time da casa venceu a equipe de Seattle por 25 a 20.

No próximo domingo, os Saints enfrentam os 49ers, em San Francisco, às 19h05, e o Monday Night Football do dia 7 de novembro será entre Bills e Seahawks, em Seattle, às 23h30

Lembrando que os jogos começarão uma hora mais tarde do que o habitual, devido ao fim do horário de verão nos Estados Unidos.

Defesa de Seattle mantém o bom desempenho e equilibra o time; ataque dos Saints aperta no final

Assim como na última partida, contra os Cardinals, a defesa dos Seahawks predominou em campo na primeira etapa do jogo deste domingo, e manteve a qualidade que vem apresentando nas últimas semanas ao manter os adversários afastados da endzone e ao converter pontos a partir de turnovers.

Foi o que aconteceu, com oito minutos no relógio, quando Mike Ingram, running back dos Saints, sofreu um fumble, e Earl Thomas recuperou. O safety dos Hawks correu 34 jardas até a endzone e marcou o primeiro touchdown para a equipe.

Logo no início do segundo quarto, os donos da casa alcançaram os primeiros três pontos com um field goal de 22 jardas, marcado pelo kicker Will Lutz.

O primeiro momento de grande emoção no primeiro período da partida foi uma tricky play de Russell Wilson para o wide receiver Tanner McEvoy, que lançou a bola para C. J. Prosise, na linha de duas jardas da endzone. A jogada foi convertida em touchdown no drive seguinte por Christine Michael.

Novamente com a bola, os Saints converteram mais um field goal, desta vez de 53 jardas, diminuindo a diferença no placar. Os Seahawks teriam a bola de volta com 14 pontos, contra 6 dos adversários.

A tranquilidade dos visitantes durou pouco tempo. Com cinco minutos para o final do primeiro tempo, Wilson foi interceptado por Nate Stupar. A intenção da defesa dos Hawks era segurar o ataque dos Saints para força-los a somente um field goal, mas a reação do ataque foi evidente e, já no two minute warning, New Orleans chegou na porta da endzone adversária. Tim Hightower chegou a tocar a endzone com a bola, mas seus joelhos já haviam tocado o chão, portanto a pontuação não foi marcada. Isto não foi problema para a equipe, já que na tentativa seguinte o quarterback Drew Brees voou por cima de ataque e defesa e chegou à endzone.

O primeiro tempo terminou com a diferença de apenas um ponto entre os oponentes: Seahawks com 14 e Saints com 13.

Saints viram e cravam a vitória no Superdome

Emoção foi o que não faltou no segundo período. Nos primeiros minutos do jogo, os Seahawks ampliaram novamente a vantagem com um field goal de 44 jardas de Stephen Hauschka. Porém, os Saints, na campanha seguinte, encostaram outra vez, também com um field goal, de 21 jardas.

O terceiro quarto terminou com uma campanha ruim de Seattle cujo punt deixou os adversários bem próximos da endzone. O relógio zerou com o ataque de New Orleans a sete jardas do touchdown

A virada veio depois de menos de dois minutos do início do último período. Drew Brees lançou a bola para Brandin Cooks, que alcançou o touchdown. Os Saints tentaram a conversão de dois pontos, porém, sem sucesso. Com 22 a 17 no placar, a bola voltou para os Hawks.

O herói do primeiro período para os Seahawks, Christine Michael, atrasou qualquer possibilidade de virada na campanha seguinte. Cometendo uma falta de false start, o ataque do time perdeu cinco jardas, e não alcançou mais do que um field goal. Hauschka chutou a 21 jardas e ficou a apenas dois pontos dos mandantes.

Novamente em campo, a linha defensiva de Seattle continuou mostrando uma belíssima atuação, segurando o ataque dos Saints longe da área de pontuação, porém, ainda assim, não conseguiram impedir que a equipe rival abrisse mais três pontos a sua frente. Com um field goal de 41 jardas já no two minute warning, voltar para Washington com a vitória começava a ser um desafio maior do que o esperado.

Assim, Wilson tentou dar tudo de si, junto ao ataque, em sua chance derradeira de vitória, porém não puderam impedir o tempo de passar. Na tentativa de fazer isso acontecer, o QB fez o spike com a bola para forçar parar o relógio com apenas dois segundos para o fim. Lançou a bola certeira para Jermaine Kearse, que estava no fundo da endzone. O WR conseguiu segura-la, mas seus pés estavam fora do chão, e acabou caindo fora do campo.

New Orleans Saints conquistou a terceira vitória da temporada, em casa, contra o Seattle Seahawks, por 25 a 20

Kansas City Chiefs vence Indianapolis Colts fora de casa

Os Chiefs atropelaram os donos da casa com 16 pontos de vantagem no placar. A equipe do brasileiro Cairo Santos marcou três touchdowns contra dois dos adversários. 

Santos se destacou na partida acertando todos os pontos extras e três field goals. Também foi destaque o quarterback Nick Foles, que estreou no Kansas City neste ano. 

Os Chiefs fecharam a semana oito com cinco vitórias e duas derrotas. Indianapolis vai para a semana nove com uma campanha de três vitórias e cinco derrotas.

Mais resultados

Redskins 27 x 27 Bengals

Seahawks 20 x 25 Saints

Lions 13 x 20 Texans

Patriots 41 x 25 Bills

Jets 31 x 28 Browns

Ainda na semana 8...

O clássico entre Philadelphia Eagles e Dallas Cowboys acontece no Sunday Night Football, às 22h30, no AT&T Stadium, no Texas. 

Nesta segunda-feira (31), os Vikings vão até Chicago enfrentar os Bears pelo Monday Night Football, às 22h15.