Falcons massacra Buccaneers fora de casa e se isola na liderança da NFC Sul

Atlanta fez mais de 40 pontos outra vez na temporada e ficou perto de mais uma vaga na pós temporada; Tampa ainda respira, mas perde a segunda seguida em casa

Falcons massacra Buccaneers fora de casa e se isola na liderança da NFC Sul
Foto: Divulgação/Tampa Bay Buccaneers
Atlanta Falcons
43 28
Tampa Bay Buccaneers

Mais um classico abrilhantou o Thursday Night Football, que abriu a semana 9 da temporada 2016 da NFL. Rivais da divisão sul da conferência nacional, o Atlanta Falcons foi até a Flórida e visitou o Tampa Bay Buccaneers. Em melhor momento na temporada, Matt Ryan e companhia não deram oportunidades para o rival e venceram com larga vantagem os Bucs por 43 a 28.

Vindo de vitória sobre o Green Bay Packers no último domingo (30), Atlanta teve um início regular no jogo, mas logo tomou conta das ações e passou o segundo tempo inteiro na frente do marcador. Agora, os Falcons chegam a 6-3 na temporada, liderando a divisão sul. Já o Bucaneers perde a quarta partida em casa em 2016 e fica na segunda posição com três vitórias e cinco derrotas, podendo ser ultrapassado pelos Saints no domingo.

Matt Ryan teve atuação decisiva na vitória do Falcons, o número 2 acertou 25 de 34 passes, com quatro touchdowns e 344 jardas, apesar de dois fumbles. Devonta Freeman correu para 77 jardas e Julio Jones foi o principal recebedor com oito recepções para 111 jardas. Pelo time da casa, Jameis Winston fez três TDS, com 23 de 37 passes completos e 261 jardas. Mike Evans apareceu para 11 recepções com 150 jardas totais.

As duas equipes voltam ca campo no domingo que vem (13) na semana 10 da NFL, e ambos contra equipes da conferência nacional. às 16h, o Falcons vai até a Philadelphia para enfrentar os Eagles. Em casa mais uma vez, o Buccaneers receberá o Chicago Bears, também no mesmo horário.

Jogo com faltas mas os visitantes ficam na frente

O time da casa começou com a posse de bola. Jameis Winston começou preciso nos passes. Em duas chances, aproveitou Mike Evans e Cameron Brate para chegar na redzone. Em seguida, Winstou achou Mike Evans, que marcou o primeiro touchdown do jogo. Porém, os visitantes logo responderam ao ataque sofrido. O jogo corrido de Atlanta deixou Matt Ryan em condições de surpresa. O camisa 2 acertou passe para Levine Toilolo, que entrou na endzone sem dificuldades, empatando a partida.

No ataque, o Buccaneers sofreu dois turnovers em duas posses. Em ambas, a defesa se recuperou e evitou que Ryan completasse os lançamentos que resultassem em TD. Matt Bryant, kicker de Atlanta, foi duas vezes para o chute e colocou os Falcons na frente com 13 a 7. A posse de bola voltou para o time de fora. Desta vez, foi Tampa Bay quem forçou fumble. Matt Ryan foi sackado por Gerald McCoy, a bola sobrou para Jacquies Smith. E os Bucs aproveitaram o turnover recuperado. Em duas jogadas, Winston completou mais um lançamento para Mike Evans. Dezenove jardas aéreas para chegar no camisa 13 e os anfitriões ficaram na frente por 14 a 13.

No segundo quarto, o Atlanta voltou a ficar na frente do placar. Na linha de 25 jardas do ataque, Ryan soltou o handoff para o wide receiver Taylor Gabriel, que correu 25 jardas para a endzone, colocando 20 a 14 no marcador. No minuto final, o Falcons tentou ficar com vantagem maior, mas o defensive end William Gholstom fez o sack no quarterback, encerrando o primeiro tempo.

Ryan lidera equipe para consolidação na liderança da partida e divisão

Com Atlanta em campo no ataque, Matt Ryan usou e abusou de Julio  Jones, um dos melhores recebedores da NFL. O Camisa 11 fez três recepções e ajudou na campanha de mais um touchdown. Na linha de uma jarda, Ryan conectou passe para o fullback Patrick DeMarco, abrindo 26 a 14. Poderia ser uma vantagem maior, mas o tampa Bay evitou a conversão de dois pontos. O time de Dirk Koetter tentou reagir ao placar desfavorável, mas ficou no punt.

Outros recebedores dos Falcons apareceram. Mohamed Sanu e Austin Hooper fizeram encaixes que resultaram em first downs do time da Geórgia. Sem titubear, Atlanta mais uma vez chegou sem dar chances. Ryan conectou passe para Julio Jones, que na ponta dos pés pisou dentro da endzone, ampliando o marcador para 33 a 14, marcando o seu quinto TD na temporada e ultrapassando também pela quinta vez a marca das 100 jardas de recepção em uma partida em 2016.

Muito atrás no placar, Tampa Bay buscava armas para voltar ao jogo. Mike Evans apareceu outra vez, agora em recepção com apenas uma mão no limite lateral. No entanto, com mais uma falta, o time ficou outra vez sem chegar no campo de ataque. Insucesso de um lado, glória de outro. Atlanta não parou de avançar no ataque. No jogo corrido, Devontr Freeman, melhor running back do time, conseguiu descidas importantes para Atlanta. Na iminência de mais um touchdown. Na terceira descida para o gol, Austin Hooper encaixou bola na endzone. Foi quarto passe para TD de Ryan na partida.

O tempo no relógio já estava se esgotando, mas Tampa Bay não desistiu do jogo. Com a marcação mais relaxada, Winston teve mais tempo para achar os wide receievrs livres. O camisa 3 fez seu terceiro passe para TD, achando Adam Humpries após o plano de gol, fazendo 40 a 20. Matt Bryant acertou mais um field goal após outra campanha produtiva de Atlanta. Buccaneers entrou com Mike Glennon no lugar de Winston e liderou o time para os sete pontos finais, com recepção de Cameron Brate, fechando o jogo em 43 a 28.

Jogos da semana 9 da NFL:

Domingo (6)

16h
Cleveland Browns x Dallas Cowboys
Miami Dolphins x New York Jets
New York Giants x Philadelphia Eagles
Baltimore Ravens x Pittsburgh Steelers
Minnessota Vikings x Detroit Lions
Kansas City Chiefs x Jacksonville Jaguars

19h30
San Francisco 49ers x New Orleans Saints
Green Bay Packers x Indianapolis Colts
Los Angeles Rams x Carolina Panthers
San Diego Chargers x Tennessee Titans

23h30
Oakland Raiders x Denver Broncos

Segunda-feira (7)

23h30

Seattle Seahawks x Buffalo Bills

Semana de folga: Arizona Cardinals, Chicago Bears, Cincinnati Bengals, Houston Texans, New England Patriots e Washington Redskins.