Defesas dominam primeiro tempo, mas Packers vencem Seahawks em estreia na temporada da NFL

Defesas dominam confronto, mas ataque de Green Bay flui no segundo quarto com touchdowns de Ty Montgomery e Jordy Nelson; linha ofensiva de Seattle prejudica atuação de Russell Wilson

Defesas dominam primeiro tempo, mas Packers vencem Seahawks em estreia na temporada da NFL
Foto: Dylan Buell/Getty
Green Bay Packers
17 9
Seattle Seahawks

Mais um capítulo de uma das principais rivalidades recentes na Conferência Nacional (NFC) foi escrito neste domingo (10). Green Bay Packers Seattle Seahawks se enfrentaram no Lambeau Field pela Semana 1 da temporada 2017/18 da NFL.

A franquia de Wisconsin aproveitou-se do fator casa - mais de 78 mil pessoas estiveram presentes e iniciou a temporada com o pé direito: 17 a 9.

Em partida dominada pelas defesas, Jordy Nelson, com sete recepções para 79 jardas e um touchdown, além de Ty Montgomery, 19 corridas para 54 jardas e um TD foram os destaques ofensivos de Green Bay; em dia "comum", Aaron Rodgers lançou 42 passes, acertou 28 para 311 jardas, um TD e uma interceptação.

Na próxima semana, o time de Russell Wilson recebe o San Francisco 49ers no CenturyLink Field; o clássico da NFC Oeste acontece no domingo (17), às 17h25. No mesmo dia às 21h30, Green Bay visita o atual vice-campeão Atlanta Falcons no recém-construído Mercedes-Benz Stadium no Sunday Night Football.

Defesas dominam e Seahawks abre vantagem com field goal no fim

Os visitantes abriram a primeira campanha da partida, mas sem sucesso. Nick Perry aproveitou a fragilidade da linha ofensiva de Seattle e derrubou Russell Wilson na terceira descida.

Com a posse, Green Bay chegou a linha de 32 jardas do campo de ataque, mas Aaron Rodgers acabou interceptado por Nazair Jones, que levou a bola até a endzone; no entanto, houve falta por parte dos Seahawks, anulando o touchdown. Os visitantes não capitalizaram o turnover e ao fim do primeiro quarto, as defesas seguiam dominantes: Seattle não conseguiu nenhum first down no 1Q.

No segundo quarto, mais do mesmo. Preocupados com a proteção a Russell Wilson, tight ends running backs evitavam avançar nas ações ofensivas, tentando dar mais tempo no pocket para o QB acionar seus wide receivers.

Em contra-partida, a secundária dos Packers estava bem postada, em superioridade numérica com cinco defensive backs contra quatro recebedores. Os matchups acabaram um anulando o outro, mas já na iminência do halftime, Russell Wilson tirou duas jogadas da cartola e colocou Seattle em field goal range: chute de 33 jardas de Blair Walsh, anotando os únicos pontos da partida antes do intervalo.

Ex-Packers, Lacy foi muito vaiado pelos torcedores de GB e teve ruim primeiro tempo: apenas seis jardas em quatro corridas | Foto: Joe Robbins/Getty
Ex-Packers, Lacy foi muito vaiado pelos torcedores de GB e teve ruim primeiro tempo: apenas seis jardas em quatro corridas | Foto: Joe Robbins/Getty

Ataque deslancha e Green Bay conquista primeira vitória

No terceiro quarto, o ritmo deu uma intensificada, mas as defesas seguiram impondo seu domínio nas ações ofensivas. Foram algumas campanhas sem sucesso por parte das duas franquias, mas os donos da casa enfim conseguiram pontuar.

Mike Daniels furou a linha ofensiva adversária e deu um sack em Russell Wilson, que sofreu um fumble recuperado por Kyler Frackell já na linha de seis jardas do campo de ataque. Na jogada seguinte, Ty Montgomery correu até a endzone, colocando 7 a 3 no placar para os Packers.

Na sequência, os visitantes conseguiram chegar na linha de três jardas, mas ficaram apenas com o field goal: chute de 21 jardas de Blair Walsh, deixando 7 a 6 no Lambeau Field.

Apagado do jogo até o terceiro quarto, Aaron Rodgers, enfim, começou a ter uma atuação digna de Aaron Rodgers. O quarterback liderou Green Bay em uma campanha de sucesso, capitalizada com recepção de 32 jardas de Jordy Nelson: 14 a 6 ao fim do terceiro quarto.

A posse seguinte de Seattle também terminou em punt, com a linha ofensiva continuando a dar pouco tempo no pocket para seu quarterback. Os Packers aumentaram a vantagem com um field goal de 40 jardas de Mason Crosby, faltando oito minutos para o fim da partida.

Devolvendo na mesma moeda, os Seahawks diminuíram o placar faltando pouco mais de seis minutos; Blair Walsh acertou seu terceiro field goal na partida, este de 41 jardas.

Gastando tempo no relógio, A-Rod foi inteligente o suficiente na campanha seguinte, apostando em corridas e passes curtos. A defesa visitante não conseguiu parar o ataque adversário, que conseguiu manter a posse até o fim da partida. Final de jogo: Packers 17 a 9 em cima do Seattle Seahawks.

Jordy Nelson marcou segundo TD dos Packers na partida | Foto: Joe Robbins/Getty
Jordy Nelson marcou segundo TD dos Packers na partida | Foto: Joe Robbins/Getty

Panthers supera 49ers em pleno Levi's Stadium

Levi's Stadium foi palco neste domingo para a estreia também do San Francisco 49ers. Diante do Carolina Panthers, o time da costa oeste americana acabou derrotada por 22 a 3.

Voltando de cirurgia no ombro, Cam Newton lançou 25 vezes, acertou 14 passes para 171 jardas e dois touchdowns. O destaque ficou para a defesa de Carolina, que impediu três conversões de quartas descidas dos 49ers, além de quatro sacks em cima de Brian Hoyer e apenas 217 jardas totais para os donos da casa.

Panthers e 49ers voltam a campo no próximo domingo (17). A franquia da Carolina recebe o Buffalo Bills no Bank of America Stadium às 14h; mais tarde, San Francisco visita o Seattle Seahawks às 17h25, no clássico da NFC Oeste.

Equipe da Carolina não tomou conhecimento do 49ers e venceu no Levi's Stadium | Foto: Ezra Shaw/Getty
Equipe da Carolina não tomou conhecimento do 49ers e venceu no Levi's Stadium | Foto: Ezra Shaw/Getty