Demissões em massa: técnico Ben McAdoo e GM Jerry Reese deixam New York Giants

Pior desempenho no século XXI e má administração em deixar QB Eli Manning no banco de reservas resultaram na saída dos dois profissionais

Demissões em massa: técnico Ben McAdoo e GM Jerry Reese deixam New York Giants
Foto: Thearon W. Henderson/Getty Images

A temporada 2017 do New York Giants segue como completamente esquecível. De uma equipe que conseguiu uma recuperação impressionante ano passado para disputar a pós-temporada, a franquia tem números risíveis atualmente. Adicionado aos problemas entre comissão técnica e elenco, aliado ao décimo revés em 12 partidas, a diretoria anunciou nesta segunda-feira (4) a demissão do técnico Ben McAdoo e do GM Jerry Reese. Até o fim deste mês, o coordenador defensivo Steve Spagnuolo vai assumir o cargo de treinador interino, enquanto Kevin Abrams será o GM.

A equipe de New York foi do céu ao inferno em muito pouco tempo. Ben McAdoo foi comandante técnico durante 28 jogos, com 13 vitórias e 15 derrotas. Durante o período à frente da franquia, os Giants apresentam o maior declínio, além de ter os piores números ofensivos. De acordo com as estatísticas da NFL, são 17,8 pontos por jogo e o 30º time no total de jardas – atrás apenas do Chicago Bears e do Cleveland Browns, que naufragam em más épocas há tempos.

Apesar da derrota por 24 a 17 diante do Oakland Raiders no último domingo (3), McAdoo manifestava confiança em permanecer no cargo e não comentava sobre sair da equipe. “Eu irei treinar esse time enquanto meu cartão funcionar. Nós temos um ótimo grupo de jogadores, treinadores, temos uma ótima equipe para trabalhar. Vamos aparecer prontos, passar isso a limpo e mirar as atenções para o próximo jogo”, disse.

A situação ficou ainda mais desfavorável ao agora ex-treinador por causa da substituição controversa do QB Eli Manning por Geno Smith. O jogador mais icônico do time no século teve abreviada sua sequência histórica de 210 jogos como titular na temporada regular. Alguns proprietários não concordaram como a situação foi conduzida e discutiram com muita seriedade a demissão de McAdoo por causa desse fator. Informações começam a dar conta de que o camisa 10 será titular na próxima partida.

Foto: Icon Sportswire/Getty Images

A demissão de Jerry Reese foi surpreendente pelos 11 anos no cargo de general manager, mas não por toda a repercussão negativa que trouxe a saída de Eli Manning da titularidade do New York Giants sem tamanhos motivos aparentes. O legado do GM foi mais convincente com dois Super Bowls conquistados e seis temporadas vencedoras desde que chegou ao clube em 2007. As demissões surgem como uma maneira desesperada de apagar uma das piores temporadas do século, com o pensamento em 2018, com draft e a temporada regular em si.

Os Giants amargam a última posição da NFC East, com duas vitórias e dez derrotas. Após a derrota na Costa Oeste diante dos Raiders, o time tenta encerrar a temporada de uma melhor maneira em clássico contra o Dallas Cowboys, às 15 horas do próximo domingo (10), no MetLife Stadium.