O milagre de Minnesota: Vikings batem Saints com touchdown no último lance e decidem NFC

Touchdown no último lance garante vitória da equipe de Minneapolis

O milagre de Minnesota: Vikings batem Saints com touchdown no último lance e decidem NFC
Vikings vibram com emocionante vitória nos playoffs (Créditos: Hannah Folsien/Getty Images)
Minnesota Vikings
29 24
New Orleans Saints

Um dos desfechos mais emocionantes da história da NFL aconteceu na noite deste domingo (14), no U.S. Bank Stadium em Minneapolis, onde o Minnesota Vikings derrotou o New Orleans Saints por 29-24 em uma partida inacreditável.

Com primeiro tempo dominante do time da casa e segundo tempo com incrível reação dos Saints e duas viradas no placar, o jogo termina com um touchdown milagroso de Stefon Diggs já com o relógio zerado.

Os Vikings agora encaram o Philadelphia Eagles no próximo domingo (21) para decidir o campeão da NFC e buscar outro feito incrível: ser o primeiro time a jogar um Super Bowl em casa.

Monólogo no primeiro tempo

Os Vikings protagonizaram um verdadeiro passeio em campo na primeira etapa. Sem tomar conhecimento do adversário eles abriram 17-0 com sua defesa brilhando e sem dar chances para Drew Brees , que sofreu uma interceptação no primeiro quarto e outra no segundo.

Pelo lado dos Saints, o time praticamente não entrou em campo e foi completamente anulado pelo sistema defensivo adversário. A defesa também não se encontrou e falhou ao marcar os avanços do criticado quarterback Case Keenum, que lançou um passe para touchdown.

No segundo quarto, o atropelamento se repetiu. Brees foi apagado do jogo pela defesa impecável dos “Vikes”, sofrendo com interceptações, sacks e errando vários passes. Sob esse cenário, a torcida de Minnesota foi a loucura para o intervalo, com seu time vindo de uma surpreendente temporada regular (13-3) e sendo soberano dentro de casa em sua estréia na pós temporada de 2017-18.

Saints reagem mas perdem no lance final

Após um primeiro tempo tenebroso, o New Orleans voltou a campo com visível melhora, principalmente de seu sistema defensivo, conseguindo dificultar a vida de Keenum. Com uma grande campanha terrestre de Brees e Kamara, os visitantes conseguem anotar um touchdown e diminuir a vantagem para 17-7. 

E a partir disso só deu Saints. O time reencontrou o equilíbrio e voltou a jogar o que vinha jogando na temporada inteira. Keenum sofreu interceptação e deu a bola para o ataque adversário de bandeja, que não aproveitou e o terceiro quarto terminou com a mesma pontuação.

O último quarto começou pegando fogo, com o time de Nova Orleans se vendo em um momento muito superior ao do adversário, que começava a cometer erros bobos e cruciais, pontuando apenas com um field goal. Em um dos lances, deu a bola para os Saints na linha de 40 jardas que resultou em um touchdown que virou o jogo para 21-20 para os visitantes.

O final do jogo teve momentos de tensão, principalmente para os torcedores de Minnesota, que a esta altura já não tinham mais unhas para roer.

Kai Forbath acertou um chute de 53 jardas e virou a maré novamente para os donos da casa, exorcizando a maldição dos kickers do Minnesota Vikings em jogos decisivos. A esperança renasceu no estádio até que os Saints conseguiram virar o placar de novo com um field goal, praticamente eliminando os anfitriões fora de casa, com o relógio marcando 20 segundos para o fim, foi-se dito que apenas um milagre salvaria os "Vikes".

E o "milagre de Minnesota" acontece. Depois de alguns passes errados de Keenum, o quarterback lança para Diggs, que consegue se desviar da marcação e se vê em campo livre até a endzone, anotando o touchdown mais comemorado da rodada e fazendo sua estrela brilhar em meio ao drama que foi o segundo tempo da partida. Assim, os Vikings escrevem seu primeiro capítulo rumo ao Super Bowl que pode ser decidido em pleno U.S. Bank Stadium.

Destaques da partida

Minnesota Vikings:

Case Keenum - 318 jardas, 1 touchdown e 1 interceptação

Latavius Murray - 50 jardas e 1 touchdown

Steford Diggs - 137 jardas, 3 recepções e 1 touchdown

New Orleans Saints:

Drew Brees - 294 jardas, 3 touchdowns e 2 interceptações

Alvin Kamara - 43 jardas

Michael Thomas - 85 jardas e 2 touchdowns