Super Bowl LII: tudo que você precisa saber sobre New England Patriots x Philadelphia Eagles

Neste domingo (4), o ano da NFL chega ao fim com um jogão entre dois times que têm forças dos dois lados da bola

Super Bowl LII: tudo que você precisa saber sobre New England Patriots x Philadelphia Eagles
Editoria de Arte/VAVEL Brasil

A temporada da NFL chega ao fim, para tristeza dos fãs da bola oval. Neste domingo (4), New England Patriots e Philadelphia Eagles decidem o Lombardi Trophy no novíssimo e moderno U.S. Bank Stadium, em Minnesota, às 21h30 pelo horário de Brasília. De um lado uma franquia que já estabeleceu uma dinastia nesse século, vencendo cinco vezes o troféu em questão nesse período. Do outro, um tradicionalíssimo time que nunca chegou a ser campeão na era dos SBs. 

Como chegaram ao Super Bowl?

Ambos foram os primeiros Seeds em suas conferências, o que os davam direito de jogar os playoffs em casa. Sendo assim, a força do Lincoln Financial Field, em Philadelphia, e do Gillette Stadium, em Foxborough no estado de Massaschussets, se mostraram importantes para Eagles e Patriots, respectivamente. As campanhas de 13-3 foram o diferencial na temporada regular, embora os dois lados tenham tido dificuldades na reta final da fase. 

No Divisonal Round da AFC, os Pats bateram o Tennesse Titans sem grandes dificuldades por 35 a 14, mesmo após os visitantes conseguirem uma vitória histórica frente o Kansas City Chiefs no Wildcard. Já pelo lado da NFC, a coisa mudou um pouco de figura. Os Eagles encontraram o Atlanta Falcons em uma partida que muitos analistas davam quase como certa a vitória do atual vice-campeão. Sem Carson Wentz, os donos da casa não ligaram para as chances que lhe davam e conseguiram importante vitória por 15 a 10. 

Chegando para as disputas das conferências, o time de Belichick recebeu a grande surpresa da temporada Jacksonville Jaguars. A forte defesa dos visitantes se mostrou presente a partida inteira, mas no fim Brady prevaleceu. Triunfo por 24 a 20 em mais uma virada para entrar para a história. Os comandados de Doug Pederson, por sua vez, enfrentaram a forte defesa do Minnesota Vikings e não tomara nenhum conhecimento dela, atropelando por 38 a 7 sem o direito de anotar a placa. 

Preparação das equipes

A grande dúvida que pairava sobre os ombros dos preparadores de New England era se Rob Gronkowski jogaria. Mas, nesta semana, o Tight End foi liberado para jogar e as ameaças que os Pats tiveram durante a temporada no que diz respeito a recebedores se mantém intacta. Gronk pelo meio, Cooks aberto e Amendola como o slot receiver. 

Fique de olho nos Patriots: Tom Brady, exibição dos recebedores e defesa contra ataque que confunde de Philadelphia. 

Os Eagles apenas focaram na estratégia utilizada para tentar vencer os adversários. A equipe precisará se preparar para tentar reverter os conceitos Rubs que NE deve tentar impor na partida, focando em coberturas por zona e na melhoria de levar pressão para Brady, tentando encurtar o tempo de análise do campo para lançamento do futuro Hall da Fama. No quesito dúvidas, Fletcher Cox e Jay Ajayi são as principais e, embora o segundo tenha tido treinamento limitado, deve ir a campo junto do primeiro.

Fique de olho nos Eagles: Exibição de Nick Foles, forte defesa e dupla dinâmica no jogo corrido.

Principais desfalques

New England Patriots: Julian Edelman (WR), Dont'a Hightower (LB), Martellus Bennett (TE), Marcus Cannon (T), Malcolm Mitchell (WR).

Philadelphia Eagles: Carson Wentz (QB), Darren Sproles (RB), Jordan Hicks (LB), Jason Peters (T).

Curiosidade

Essas duas equipes já se enfrentaram pelo Super Bowl, em 2005. Na época, os Patriots haviam vencido dois títulos em três anos e queriam aumentar esses números, transformando o que seria o início de uma dinastia. Os Eagles chegavam como uma forte equipe, a melhor montada no século atual, contando com líderes como Donovan McNabb, Terrell Owens e Brian Dawkins. Ao fim do jogo, a dupla Belichick e Brady levaram a melhor e bateram os rivais por 24 a 21.