Lances emocionantes, viradas históricas e hegemonia: relembre os cinco títulos dos Patriots

Sob o comando de Belichik e Brady, os Patriots conquistaram os seus únicos cinco títulos da NFL

Lances emocionantes, viradas históricas e hegemonia: relembre os cinco títulos dos Patriots
(Foto: Mike Ehrmann/Getty Images)

Quando se fala de grandes dinastias no esporte, não tem como citar o New England Patriots como uma delas. Muito se explica pela junção de dois talentos como Bill Belichick e Tom Brady. Os dois conquistaram juntos, cinco títulos de Super Bowl. Não por acaso, todos os títulos conquistados de forma emocionante. Sendo assim, a VAVEL Brasil resolveu criar esse especial para falar sobre esses jogos.

Super Bowl XXXVI  Patriots 20 x 17 Rams (2001)

(Foto: Sylvia Allen/Getty Images)

Se alguém perguntar onde começou a dinastia dos Pats, com certeza a resposta será no dia 03/02/2012, no Superdome, em Nova Orleans. Isso porque o time comandado por Bill Belichick, apenas em seu segundo ano como treinador da equipe, conquistou o Super Bowl contra aquele que é considerado um dos maiores ataques de todos os tempos. Mas não foi nada fácil.

O The Greatest Show on Turf, comandado por Kurt Warner, mesmo com uma boa quantidade de jardas (427), sucumbiu por conta dos três turnovers. Tom Brady, muito pelo contrário, cuidou bem da bola, o que possibilitou que, ao final, com um chute de 48 jardas, Vinatieri decretasse a vitória e o primeiro dos seis títulos do time de Boston.

Super Bowl XXXVIII - Patriots 32 x 29 Panthers (2003)

(Foto: Ronald Martinez/Getty Images)

Como no primeiro título, os Pats terminaram o primeiro tempo em Houston com a vantagem no placar, mas acabaram sofrendo no último quarto contra os Panthers. As coincidências não param por aí. O título, que teve participação das mãos de Brady, que passou para 354 jardas, foi decidido novamente através do pé direito de Adam Vinatieri, dessa vez de uma distância menor (41 jardas). 

Este segundo título foi considerado uma volta por cima para o time, já que no ano anterior, eles não conseguiram chegar nem nos playoffs. Neste jogo, Tom Brady estabeleceu um recorde de maior número de passes completos em um Super Bowl. Hoje, ele divide este mesmo recorde com Drew Brees.

Super Bowl XXXIX - Patriots 24 x 21 Eagles (2004)

(Foto: Messerschmidt/Getty Images)

Sempre que acontece uma partida entre Patriots e Eagles, as pessoas lembram dessa final, ainda mais nessa semana, quando ela será reeditada depois de 13 anos. É ainda mais incrível que um dos principais personagens dessa disputa, ainda seja um fator que pode ser decisivo para dar ou não a vitória ao seu time.

A partida em Jacksonville teve novamente ares dramáticos para os Pats. Quando todos pensavam que o jogo estava controlado, Mc Nabb, então QB dos Eagles, lançou um lindo passe para Greg Lewis deixar Philly com apenas três pontos atrás no placar. Mas a vitória acabaria sendo mesmo de New England, que conquistou seu terceiro título em quatro temporadas sob o comando de Belichick.

Super Bowl XLIX - Patriots 28 x 24 Seahawks (2014)

(Foto: Christian Petersen/Getty Images)

Essa edição do Super Bowl é considerada uma das mais espetaculares da história, não só pela qualidade dos times que a disputaram (New England com seu ataque avassalador e os Seahawks portando uma defesa espetacular), como pelas circunstâncias em que a vitória do campeão aconteceu. Depois de 10 anos, o New England Patriots voltava a levantar o Vince Lombardi.

Quando Russell Wilson comandou a última campanha em Arizona, dava a impressão que o touchdown da vitória dos Seahawks era questão de tempo. Ainda mais quando você tinha uma 2nd and goal na linha de uma jarda, com Marshawn Lynch, um dos principais running backs da liga. Mas não foi o que aconteceu. Wilson decidiu lançar para Ricardo Lockette e acabou interceptado por Malcolm Butler.

Super Bowl LI - Patriots 34 x 28 Falcons (2016)

A 51ª edição do Super Bowl mostrou de uma vez por todas que o New England é um time que não pode ser subestimado mesmo quando parece que tudo está perdido. O time não só obteve a maior virada de todos os tempos em uma final, como viu Tom Brady estabelecer dois recordes individuais, se tornando o jogador de sua posição com mais títulos na história, além do quarto Super Bowl como MVP.

Parecia que ia dar tudo certo para os Falcons naquela noite de domingo em Houston. Sua defesa conseguiu pressionar Brady na maioria do tempo, enquanto o ataque mantinha longas posses de bola que resultavam sempre em touchdowns. Essa performance proporcionou que a equipe ficasse com o placar de 28 a 3 perto do fim do terceiro quarto.

Foi aí que o improvável apareceu. Brady começou a jogar de forma espetacular, a defesa parava de forma enfática o ataque dos Falcons e os Patriots conseguiram empatar, levando a partida para a prorrogação. Totalmente motivado, New England só precisou de uma posse de bola para que James White corresse para uma vitória histórica.