Nick Foles brilha, Eagles superam Patriots e conquistam Super Bowl pela primeira vez

Em partida de 74 pontos, franquia da Philadelphia se vinga do Super Bowl XXXIX e vence time de Tom Brady; é o quarto título dos Eagles na história da NFL

Nick Foles brilha, Eagles superam Patriots e conquistam Super Bowl pela primeira vez
Foto: Getty Images

A espera de 58 anos por um título da NFL acabou. O Philadelphia Eagles é o campeão do Super Bowl LII!! Fazendo a revanche da decisão da temporada 2004/2005, a franquia da Pensilvânia superou o algoz do ano supracitado e derrotou o New England Patriots por 41 a 33 neste domingo (4), no US Bank Stadium.

Substituto do lesionado Carson Wentz, cotado a MVP da temporada regular e um dos pilares da campanha de Philadelphia no ano, Nick Foles teve ótimos números e liderou o ataque dos Eagles em uma partida dominante: foram 28 passes certos de 43 tentados, três touchdowns lançados e um recebido, além de apenas uma interceptação, garantindo o título de melhor jogador da partida.

Tricampeão antes da Era Super Bowl, em 1948, 1949 e 1960, os Eagles conquistaram enfim seu primeiro Vince Lombardi Trophy, saindo da seca de um título da NFL que já perdurava mais de meio século. Com a derrota, Tom Brady chega a seu terceiro vice Super Bowl, perdendo as duas vezes anteriores para o New York Giants, rival de divisão de Philadelphia.

De backup quarterback para MVP do Super Bowl: Nick Foles se tornou herói improvável durante os playoffs | Foto: Streeter Lecka via Getty
De backup quarterback para MVP do Super Bowl: Nick Foles se tornou herói improvável durante os playoffs | Foto: Streeter Lecka via Getty

Foles anota TD recebendo passe e Eagles vai para o intervalo em vantagem

Com a primeira campanha, os Eagles conseguiram chegar à endzone dos Patriots, mas ficaram apenas com um field goal de 25 jardas convertido por Jake Elliott; no drive seguinte da franquia de New EnglandStephen Gostkowski acertou um chute de 26 jardas, empatando o confronto no US Bank Stadium.

Pela segunda vez na partida, Nick Foles entrou em campo para liderar seu ataque em busca do primeiro touchdown. E foi o que aconteceu. Alshon Jeffery recebeu um passe de 34 jardas do quarterback, colocando 9 a 3 no placar; Elliott errou extra point.

Já com a decisão no segundo quarto, mais uma oportunidade dos Patriots na endzone que não virou touchdown. Para piorar, o field goal de 26 jardas de Gostkowski não foi convertido após erro no snap, mantendo o placar em 9 a 3.

Depois de campanhas frustradas por parte de ambas as franquias, o segundo touchdown do Super Bowl. Aplicando a já conhecida Lei do Ex, o running back LeGarrete Blount passou pela defesa dos Patriots e anotou um TD de 21 jardas; Foles tentou uma conversão de dois pontos para deixar a vantagem em dois touchdowns, mas sem sucesso.

Parecia que, enfim, o ataque de New England iria engrenar após corrida de 46 jardas de Rex Burkhead. Porém, Brady não conseguiu converter uma terceira descida e Gostkowski foi para mais um field goal, dessa vez convertido de 45 jardas.

Faltando pouco mais de cinco minutos para o intervalo, o primeiro turnover do Super Bowl. Foles tentou um passe em direção a endzone para Jeffery, que não conseguiu agarrar; a bola ficou no ar e foi interceptada por Duron Harmon. Minutos depois, turnover capitalizado: corrida de 26 jardas de James White, deixando 15 a 12. Mais um extra point errado, desta vez pelo kicker dos Patriots, Stephen Gostkowski.

No último drive de Philadelphia na etapa inicial, Nick Foles comandou a campanha dos Eagles alcançando a linha de uma jarda. Em uma quarta descida, o ataque de Philadelphia decidiu arriscar e em uma belíssima trick play, Nick Foles recebeu passe do tight end Trey Burton, fechando a primeira metade do confronto em 22 a 12 para os Eagles.

Patriots conseguem virada, mas Eagles crescem no fim, forçam fumble em Brady e conquistam Super Bowl LII

No segundo tempo, as duas primeiras posses de cada equipe resultaram em pontuações. Primeiro, Rob Gronkowski apareceu para o jogo e ajudou os Patriots a anotarem um TD de cinco jardas rapidamente. Na mesma moeda, Foles acertou um belo passe de 22 jardas para Corey Clement, colocando 29 a 19 no placar já na campanha seguinte.

touchdown dos Eagles não desanimou Tom Brady e companhia, que encurtaram a vantagem adversária com um TD de 26 jardas em passe para Chris Hogan. Na campanha seguinte dos Eagles, o primeiro field goal do segundo tempo: chute de 42 jardas de Jake Elliott, deixando 32 a 26 para Philadelphia.

Inspirado, Foles conseguiu liderar o ataque dos Eagles a boas campanhas ofensivas no Super Bowl | Foto: Patrick Smith via Getty
Inspirado, Foles conseguiu liderar o ataque dos Eagles a boas campanhas ofensivas no Super Bowl | Foto: Patrick Smith via Getty

Faltando menos de dez minutos para a definição do título, o campeão do último Super Bowl conseguiu pela primeira vez se colocar a frente no placar. Novamente, Rob Gronkowski apareceu e anotou um touchdown após passe de quatro jardas de Tom Brady, virando para 33 a 32 a favor dos Patriots.

A estratégia dos Eagles era clara na campanha seguinte: gastar o relógio e deixar Brady no máximo fora de campo. Em uma campanha de 75 jardas e sete minutos, Foles encontrou Zach Ertz, que correu para a endzone após passe de onze jardas. Philadelphia tentou a conversão de dois pontos, mas novamente sem sucesso e a partida ficou em 38 a 33 com pouco mais de dois minutos para o fim da decisão.

Dois minutos eram mais que suficientes para Tom Brady fazer seu rotineiro estrago nos últimos momentos das partidas. No entanto, a linha ofensiva não aguentou a pressão do front seven dos Eagles, que forçou um fumble após sack de Brandon Graham no quarterback adversário. O turnover virou um field goal de 46 jardas, convertido por Jake Elliott e colocando 41 a 33 com pouco mais de um minuto para o título do Philadelphia Eagles.

O tempo era curto para um milagre dos Patriots, que começaram a campanha na linha de oito jardas. Sem tempo para mais nada, a defesa dos Eagles voltou a aparecer, impediu passes certos de Brady e garantiu o primeiro título da franquia da Philadelphia na era do Super Bowl!

Pressão, fumble e derrota: momento em que Brady sofre o strip sack de Brandon Graham | Foto: Gregory Sheamus via Getty
Pressão, fumble e derrota: momento em que Brady sofre o strip sack de Brandon Graham | Foto: Gregory Sheamus via Getty