Falcão Garcia: "Eu entrei neste clube e quero levá-lo ao topo"

O colombiano, Falcão, voltou a manifestar sua vontade de permanecer no time espanhol, observando que, apesar do bom início da campanha, é "cedo" para dizer se luta pela Liga. Por outro lado, mostrou-se seguro ao dizer que a "prioridade" é se classificar para a Liga dos Campeões. "A nossa campanha até agora é formidável, praticamos um futebol muito atraente e a equipe quer fazer uma grande temporada. Estamos em um bom momento, mas não devemos deixá-lo ir. Ainda é cedo para falar sobre o título, mas estou convencido de que nós vamos para cima. A prioridade continua a ser um lugar na Liga dos Campeões, vamos ver o resto", disse Falcão após o amistoso contra o Brasil em palavras coletadas pela 'lequipe.fr'.

O ‘Tigre’ pessoalmente sublinhou que "está tudo bem", mas ele não está preocupado em marcar gols. "Estou feliz com o início da temporada que estou fazendo e, principalmente, porque com meus gols posso ajudar o meu time a ganhar. Estou em muito boa forma desde o início da temporada, e espero durar o maior tempo possível. Eu não estou obcecado com o número de gols que marquei, eu quero que a minha equipe ganhe apenas um número máximo de partidas, o resto é secundário", disse ele.

A este respeito, disse que não pensa em forma "permanente" para terminar como artilheiro na liga espanhola. "Eu estou contente por estar entre os melhores marcadores da Liga BBVA, mas eu não tenho a cabeça realmente ‘nisso’. Quero tentar marcar, pelo menos, o mesmo tanto que no ano passado (24)", confessou.

Sobre o seu futuro, o rojiblanco insistiu que ele está "muito bem no Atlético neste momento". "Tenho orgulho de estar lá, e ainda tenho três anos de contrato. Alguns falam sobre a minha possível saída no final da temporada, mas agora eu estou perfeitamente bem em Madrid. Estou unido a este clube e minha única preocupação é leva-lo ao topo”, disse ele.

Falcão também falou um pouco sobre o empate, em Nova Jersey (EUA), para o Brasil. "Eu acho que fizemos um bom jogo, apesar das ausências em nossa equipe, como Guarin. O time inteiro jogou bem e realmente incomodamos o Brasil. Ainda temos que fazer um bom trabalho para alcançar o nosso melhor, mas acho que o jogo mostrou que podemos fazer coisas bonitas no futuro. Eu não marquei, mas fiz meu melhor", completou.

VAVEL Logo