Goleiro argentino brilha e Málaga empata sem gols com o Dortmund

Em jogo franco e marcado pelas chances desperdiçadas, Málaga e Borussia empataram pelo placar de 0 a 0 e deixaram a decisão da vaga nas semifinais para a próxima semana. Com atuação excepcional do goleiro Caballero, o Málaga segurou a pressão do time alemão, que principalmente com Götze e Reus, criou mais, mas desperdiçou muitas oportunidades. Para a próxima partida, os espanhóis perdem Weligton e Iturra, que receberam o terceiro cartão amarelo nesta quarta-feira.

Primeira etapa aberta e movimentada

Desfalcados de Kuba no meio campo, os visitantes entraram com Großkreutz, na tentativa de suprir a influência ofensiva que exerce o polonês. Já o Málaga tinha sua proposta bem definida: manter-se sólido defensivamente e explorar a visão de jogo de Isco, a força de Julio Baptista e movimentação de Saviola.

Aos seis minutos Saviola tem a primeira chegada da partida. El Conejo recebeu bola livre na linha de fundo, fintou Gündogan mas finalizou de canhota para fora. Júlio Baptista e Isco pediam livres na área.

Os primeiros minutos de partida seguiam em boa tônica, com o Borussia Dortmund aplicando sua marcação costumeira à frente, procurando dificultar a saída de bola do adversário. O Málaga se postava firme na sua estratégia de ter a bola e avançar pelos lados com os escapes de Saviola. Na defesa a equipe espanhola mostrava bom posicionamento, na tentativa de anular as infiltrações de Mario Götze e Marco Reus. Weligton e Demichelis eram soberanos até ali.

Aos treze minutos, em bola esticada da defesa, Lewandowski fez ótimo pivô de cabeça para Mario Götze que ganhou na corrida de Gamez e cara a cara com Willy escolheu mal, finalizando fraco para a boa defesa do arqueiro espanhol. Jurgen Klopp foi a loucura na área técnica.

Mario Götze parecia fadado a se tornar vilão. Aos dezenove, boa troca de passes no campo ofensivo acabou achando o prodígio alemão que em seu segundo encontro com Willy teve seu chute defendido mais uma vez. O lance demonstrou que o lado esquerdo do Málaga batia cabeça, abrindo espaço para as inversões de Götze e Reus.

O Dortmund seguia criando as melhores chances. Com maior volume na partida, a movimentação ofensiva começava a confundir a defesa espanhola, deixando o trio ofensivo flutuar com mais facilidade.  Aos vinte oito o gol já amadurecia, mas Großkreutz finalizou mal, dentro da pequena área e perdeu gol feito.

O final do primeiro tempo porém marcou uma certa pressão do Málaga. Mais seguro na partida, o clube espanhol começou a se arriscar ofensivamente e seguia forçando o Dortmund no campo defensivo. Aos quarenta e dois minutos, Weligton aproveitou uma bola áerea e obrigou Weidenfeller a fazer grande defesa a queima roupa. Em seu melhor momento na partida, o Málaga enfim equilibrava o cotejo.

Segundo tempo brigado, e mais chances escoadas pelo ralo

A segunda etapa começou marcado pela forte disputa pela bola, com as equipes travando fortes, e por vezes ríspidos, duelos, principalmente na faixa do meio-campo. Aos nove minutos Grosskreutz foi lançado no flanco esquerdo e cruzou para Lewandowski que, na entrada da pequena área, foi agarrado por Demichelis, caiu, não alcançou a bola, e reclamou, no entanto o árbitro nada marcou e mandou o jogo seguir.

Entre passes errados e jogadas desperdiçadas, o Borussia voltou a ameação aos 19 minutos, quando Götze recebeu excelente passe, entrou na área e bateu cruzado. A bola passou raspando a trave direita de Caballero, arrancando suspiros dos presentes em La Rosaleda.

A resposta do Málaga não demorou a sair, e veio em dose dupla, um minuto depois: Isco, na entrada da área, aproveitou sobra da defesa aurinegra e bateu de primeira, forte, com efeito, exigindo difícil defesa de Weidenfeller. Na sequência do lance, Toulalan finalizou a média distância, e mais uma vez o goleiro alemão teve que intervir.

Nos minutos restantes da segunda etapa o ritmo caiu consideralvemente. Mais preocupadas em não sofrer gol do que balançar as redes adversárias, as equipes passaram a produzir menos, e assim, o jogo ficou mais fraco, dando a entender que nada mais ocorreria. E foi o que aconteceu: Málaga 0 x 0 Borussia Dortmund

VAVEL Logo