Com dois gols de Torres, Chelsea vence Rubin Kazan e abre vantagem

Com dois gols de Torres, Chelsea vence Rubin Kazan e abre vantagem

Chelsea bate Rubin Kazan por 3 a 1 em Stamford Bridge e fica muito perto da semi-final (Foto: REUTERS/Paul Hackett)

igorjunio
Igor Junio
ChelseaCech; Azpilicueta, David Luiz, Terry, Bertrand; Ramires, Lampard; Moses (Hazard, min. 65), Mata (Oscar, min. 78), Benayoun (Marin, min. 82); Torres
Rubin KazanRyzhikov; César Navas, Kuzmin (Kasaev, min. 82), Ansaldi, Kaleshin; Sharonov, Orbaiz, Eremenko, Karadeniz; Natcho, Dyadyun (Rondón, min. 46)
Placar1-0, min. 16, Torres. 2-0, min. 32, Moses. 2-1, min. 41, Natcho (pen). 3-1, min. 70, Torres.
ÁRBITROGianluca Rocchi (ITA). Advertidos: Terry (min. 41), Benayoun (min. 77), Orbaiz (min. 86) e Marin (min. 90 +2).
INCIDENCIASJogo de ida das quartas de finais da Liga Europa. A partida foi realizada no estádio Stamford Bridge.

Nesta quinta-feira (04) o Chelsea recebeu o Rubin Kazan e venceu por 3 a 1 com 2 gols do espanhol Fernando Torres. Com o resultado o time inglês encaminhou a classificação para a semi-final. O outro gol dos Blues foi marcado por Victor Moses e Natcho, de pênalti, descontou para os russos.

A partida começou equilibrada, com os dois times buscando o ataque. A primeira chance foi do Rubin Kazan em chute de longe de Emerenko, que passou do lado do gol defendido por Cech. A jogada que resultou no primeiro gol da partida saiu dos pés de David Luiz. O zagueiro brasileiro lançou Fernando Torres que ganhou dos defensores do time adversário e marcou o gol do Chelsea.

Natcho se mostrava o jogador mais perigoso do Rubiz Kazan. Pouco depois do gol arriscou de fora e obrigou Cech a fazer boa defesa. Depois disso o Chelsea passou a valorizar a posse de bola e administrar o jogo. Até que aos 32 minutos Ramires cabeceou e o goleiro Ryzhikov defendeu, no rebote Victor Moses acertou belo chute marcando o segundo gol do time londrino.

Os russos diminuíram o placar aos 41 minutos, quando Terry colocou a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Natcho não deu chances para Cech e fez o primeiro.

O Chelsea voltou para o segundo tempo disposto a definir o jogo e criou boas chances com Mata e Terry. O Rubin Kazan não mostrava poder de reação e a equipe de Rafa Benítez matou o jogo aos 2 minutos. Mata fez bom cruzamento da esquerda, e Fernando Torres de cabeça fez o terceiro se tornando o artilheiro do time na temporada com 19 gols.

VAVEL Logo

Futebol Internacional Notícias