Galatasaray surpreende, mas Real Madrid se garante na semifinal

O Real Madrid perdeu, mas garantiu sua vaga para as semifinais da Uefa Champions League por conta do resultado que fez em casa. Jogado na Turquia nesta terça-feira (09), o time de José Mourinho até saiu na frente com um gol de Cristiano Ronaldo, mas foi surpreendido na etapa final com os gols de Eboué, Sneijder e Drogba. Porém, com o mesmo Cristiano Ronaldo, os blancos diminuíram no último minuto da partida e selaram de vez a classificação.

Logo no segundo minuto de jogo, Di María já mostrou que o Real Madrid não estava para brincadeira, mesmo tendo vencido a partida de ida por 3 a 0, e quase abriu o placar após um belo contra-ataque puxado por Cristiano Ronaldo, que definitivamente não sabe brincar. Aos 8 minutos, o português recebeu de Khedira na área e, como um legítimo centroavante, antecipou os zagueiros para abrir o placar e marcar seu décimo gol nesta Champions League.

Os merengues queriam mais, e novamente com Di María, quase chegaram ao segundo gol após um passe cinematográfico de Cristiano. O primeiro chute do Galatasaray na partida só foi sair aos 37 minutos, com Sneijder, mas Diego López, que voltou a deixar Casillas no banco, defendeu com tranquilidade. Bulut, que substituiu o suspenso Yilmaz, aos 40, também tentou o gol de empate para os donos da casa, mas viu seu chute sair sobre o gol.

No segundo tempo, o Real Madrid seguia melhor e só não marcou o segundo, aos 11 minutos, por que Ronaldo dominou mal a bola, na frente de Muslera, e chutou para fora. No lance seguinte, o castigo: Eboué, com uma bomba de pé direito, diminuiu o placar para os anfitriões. Sozinho, na frente do gol, com Diego López já batido, Sneijder chutou para fora a chance de o Galatasaray virar o marcador, aos 16 minutos. Porém, aos 25, o holandês se redimiu e marcou um belo gol para colocar o time turco na liderança do marcador.

Drogba, um minuto depois, marcou o terceiro dos anfitriões e, aos 35 minutos, o quarto, mas este foi bem anulado pelo árbitro por conta de um claro impedimento do marfinense. No final do jogo, Arbeloa ainda conseguiu ser expulso, mas quem voltou a marcar foi Cristiano Ronaldo, no último minuto da partida, selando o placar na Türk Telekom Arena.

Apesar de fantástica virada, não foi desta vez que o time de Fatih Terim chegou à semifinal da Champions League. Pelo terceiro ano consecutivo, José Mourinho leva o time da capital espanhola à semifinal da maior competição europeia de clubes. 

VAVEL Logo