Com Casemiro de titular, Özil brilha e garante a vitória do Real

Antes de viajar à Alemanha para enfrentar o Borussia Dortmund pela partida de ida da semifinal da Champions League, o Real Madrid recebeu o Betis, neste sábado (20), no Santiago Bernabéu, pela 32ª rodada da Liga BBVA.

Com Casemiro de titular, o time de Mourinho conseguiu vencer a partida por 3 a 1, contando com dois gols de Özil e um de Benzema; de pênalti, Molina diminuiu para os visitantes. Com a vitória, os merengues permanecem na segunda colocação, agora com 71 pontos. Com 48, o Betis aparece em 7°, logo atrás do Valencia, que soma 50 e que é o primeiro time que figura na zona de classificação para a Europa League.

Primeiro tempo equilibrado; Özil marca aos 45’

Após cobrança de escanteio e chute de Nosa, Diego López operou um milagre e impediu com que o Real Betis saísse na frente do marcador logo aos 7 minutos de jogo.

Já com Varane no lugar de Marcelo, que saiu aos 15 minutos sentindo fortes dores na perna esquerda, Cristiano Ronaldo, aos 20 minutos, obrigou Adrián a fazer uma excelente defesa após cabeçada firme no canto esquerdo. No lance seguinte, Callejón saiu livre pelo lado direito da área, mas ao invés de cruzar para Ronaldo que aparecia pelo meio, preferiu bater cruzado e acabou desperdiçando uma boa oportunidade para marcar.

Aos 40, Cristiano Ronaldo voltou a aparecer com perigo ao fazer boa jogada individual e soltar a bomba com o pé esquerdo, de fora da área, acertando a trave de Adrián. Dorlan Pabón, pouco depois, respondeu também com um chute que acertou a trave. Mas antes que a primeira etapa terminasse, aos 45 minutos, Casemiro começou a jogada, Özil recebeu do brasileiro, tabelou com Benzema, e com muita frieza, deslocou Adrián para abrir o placar na capital espanhola.

Benzema amplia, Molina diminui, mas Özil sacramenta

Aos 11 minutos da etapa final, Özil puxou um contra-ataque para o Real Madrid e tocou para Cristiano Ronaldo. O português dominou e, com um toque, deixou Benzema na cara do gol e aí o francês não perdoou e marcou o segundo do Real na partida. Dez minutos depois, Nacho cometeu pênalti sobre Rubén Castro, na cobrança, Molina, com muita tranquilidade, diminuiu o placar para os visitantes.  

No final, o Real ainda teve dificuldades para assegurar a vitória. Albiol salvou uma bola em cima da linha depois de uma bobeada de Ricardo Carvalho, mas Özil, após jogada de Ronaldo, tentativa de Callejón e rebote de Adrián, marcou o terceiro do Real e sacramentou a vitória.

Na próxima rodada, o Real Madrid enfrente o Atlético de Madrid no Vicente Calderón. O Betis, por sua vez, recebe o desesperado Deportivo La Coruña no Villamarín.

VAVEL Logo