No sufoco, Arsenal bate Fulham e segue em terceiro
Mertesacker comemora o gol da vitória (Foto: Reprodução/Agência Reuters)

Arsenal vence mais uma, mantem sua sequência de cinco jogos invicto, e segue firme na briga para jogar a próxima Liga dos Campeões, do outro lado, o Fulham, mantem-se no meio da tabela sem grandes pretensões, mas também sem chances de rebaixamento.

Bola parada decide e zagueiro alemão dá a vitória aos Gunners

O clássico londrino começou com o Arsenal buscando jogo, pressionando e trabalhando muito bem a bola, mesmo jogando fora de casa. O Fulham jogava atrás em busca de contra-ataques, sem muita sorte. Tudo piorou para os donos da casa quando Sidwell foi expulso, logo aos treze minutos do primeiro tempo, por entrada violenta em Arteta. O jogo ficou ainda mais favorável aos Gunners.

Mesmo com um a mais e maçante domínio da posse de bola, o time dirigido por Arsene Wenger não criava grandes chances, do outro lado o Fulham começava a incomodar nos contra-ataques, principalmente com a dupla Emanuelson-Berbatov, que criaram grande chance aos vinte minutos. Aos 34 foi a vez do Arsenal chegar, com Giroud, e aos 42 saiu o gol, Walcott bateu falta na área, Koscielny tentou finalizar, mas terminou ajeitando para Mertesacker, que abriu o placar.

No segundo tempo, o Arsenal voltou com um único objetivo, o de segurar o resultado, e conseguiu mesmo que sob grande pressão. Os Gunners, não criaram praticamente chance alguma e, mesmo continuando com a posse da bola viu o Fulham criar as melhores chances e por pouco não chegar ao empate. As mudanças de Arsene Wenger, com as entradas de Wilshere e Podolski não surtiram efeito. Os donos da casa chegaram inclusive a ter um gol anulado, aos 76, onde Manolev estava impedido. No final do jogo o time do norte de Londres ainda viu seu centroavante, Giroud, ser expulso e se tornar desfalque para as próximas três partidas.

VAVEL Logo