Após 26 anos de Manchester United, Sir Alex Ferguson anuncia aposentadoria

Através de um comunicado no site oficial do Manchester United, o técnico Sir Alex Ferguson confirmou na manhã desta quarta-feira (08) sua aposentadoria após 26 anos como comandante dos Red Devils. A partir da próxima temporada, o escocês de 71 anos atuará como diretor e embaixador do clube da região de Midlands. Sua despedida do futebol está marcada para a última rodada da Premier League 2012/13, no dia 19 de maio, contra o West Bromwich Albion, fora de casa. No domingo (12), contra o Swansea City, Ferguson fará sua última partida no Old Trafford.

"Era importante para mim deixar uma organização na forma mais forte possível, e creio ter feito isso", disse Ferguson. "A qualidade deste time vencedor, e o equilíbrio de idades dentro dele, é um bom presságio para a sequência do sucesso no nível mais alto. A estrutura da juventude vai garantir que o futuro do clube a longo prazo continue sendo brilhante."

Entre os favoritos para sucedê-lo, a mídia inglesa especula os nomes de David Moyes (Everton), José Mourinho (Real Madrid), Martin O'Neill (sem clube), Ole Gunnar Solskjaer (Molde), Mike Phelan (assistente de Ferguson) e os jogadores Ryan Giggs e Paul Scholes.

Trajetória

Ferguson iniciou sua carreira como técnico no East Stirlingshire, da Escócia, em 1974. No mesmo ano, chegou ao St. Mirren. Após um trabalho de reestruturação, que levou o clube da segunda para a primeira divisão, Ferguson acabou demitido - a única da carreira - em 78, assumindo o Aberdeen na sequência.

Após dois anos se adaptando à pressão de um grande clube, Ferguson venceu a desconfiança ao conquistar o título do Campeonato Escocês em 1980, quebrando 15 anos de uma sequência conquistas ora do Rangers ora do Celtic. Em 82, conquistou a Copa da Escócia, o que classificou o Aberdeen para a antiga European Cup Winners' Cup na temporada 1982/83. Eliminando o Bayern de Munique nas fases preliminares, o Aberdeen de Ferguson chegou à final contra o Real Madrid em 11 de maio de 83 e venceu por 2 a 1, se tornando o terceiro clube escocês a conquistar um título europeu na história.

Nas duas temporadas seguintes, o Aberdeen venceu o campeonato, o que levou Ferguson ao posto de técnico da seleção nacional após a morte de Jock Stein. Após não passar da fase de grupos na Copa de 1986, deixou o posto da seleção em 15 de junho de 86. Em novembro do mesmo ano, chega ao Manchester United, de onde nunca mais partiu.

O início, entretanto, não foi dos melhores e muitos atribuem ao primeiro título de Ferguson, a Copa da Inglaterra de 1990, como o responsável por manter o escocês no cargo. Esta conquista foi, no entanto, a primeira das 37 que viriam na sequência, sendo 13 delas somente no Campeonato Inglês, inclusive a da atual temporada, 2012/13. Constam no currículo de Ferguson duas Ligas dos Campeões, cinco FA Cups e quatro Copas da Liga Inglesa.

VAVEL Logo