No primeiro jogo sem Mancini, City vence com tranquilidade

Na tarde desta terça (14), o vice-campeão Manchester City viajou para enfrentar o rebaixado Reading, os citzens venceram por 1 a 0, e conquistaram a vigésima terceira vitória na competição, os donos da casa perderam o vigésimo primeiro jogo, e continuam na penúltima posição. Foi o primeiro jogo do Manchester City pós Roberto Mancini, no seu lugar, ficou Brian Kidd, treinador interino.

A decepção do final de semana não afetou o Manchester City dentro de campo, talvez até pela superioridade técnica perante ao adversário. Logo aos cinco minutos, David Silva lançou Tevez, o argentino perdeu grande oportunidade, chutando na rede do lado de fora. Tevez ainda perderia outra boa chance logo depois, chutando fraco nas mãos do goleiro Mccarthy. 

Na primeira etapa, o Manchester City teve 14 finalizações e 65% de posse de bola, mas não conseguiu mostrar no placar, toda essa superioridade. O Reading era totalmente dominado e teve algumas chances em contra-ataques isolados e bolas aéreas, na melhor chance, Robson-Kanu finalizou mal, fácil para o goleiro Hart.

A vantagem parcial viria só aos 40 minutos, após belíssima tabela entre Milner e David Silva, o inglês foi ao fundo e rolou para trás, Agüero de primeira completou para abrir o placar. No final do primeiro tempo, Yaya Toure fez bom jogada na lateral, se rolasse para o meio, pegaria os atacantes de frente para ampliar, mas o marfinense tentou uma finalização cruzada, desperdinçando outra boa chance.

O segundo tempo não foi nem perto do primeiro, o Manchester City valorizava a posse de bola e não pressiona, foi apenas uma finalização nos quinze minutos iniciais. No Reading, Karacan finalizou de longe e levou certo perigo ao gol de Hart, nada muito empolgante. 

Até o final do jogo foi assim, ambas as equipes sem pretenção alguma, criavam poucas chances e o jogo era sonolento. Tevez e Yaya Toure ainda tiveram oportunidades, mas assim como na primeira etapa, desperdiçaram. Le Fondre teve a melhor chance do Reading na partida, mas o bandeira marcou impedimento de forma equivocada. Aos 88 minutos, David Silva deu belo passe pro centroavante Dzeko, que com tranqulidade, cortou para a perna esquerda e bateu forte, 2 a 0.

VAVEL Logo