Hernanes: "Tenho contrato até 2015 e pretendo cumprir"
Profeta com a taça da Coppa Italia conquistada no dérbi contra a Roma (foto: Reprodução/La Presse)

Após conquistar a Coppa Italia, seu primeiro título com a camisa da Lazio, o meio-campista Hernanes foi um dos protagonistas do Prêmio Ussi Roma 2013, reservado aos profissionais do jornalismo esportivo mas também a atletas e treinadores da capital italiana. O jogador da seleção brasileira, premiado da categoria de atleta destaque, falou sobre o título conquistado no último domingo e também sobre seu futuro.

"Ontem entramos para a história, devemos aproveitar esse momento. Queria me redimir depois do pênalti perdido [no dérbi do dia 8 de abril, n.d.r], eu não merecia isso depois de tanto sacrifício feito. Ainda devemos crescer, mas nessa temporada adquirimos confiaça. A temporada não foi perfeita, mas sempre se diz que o importante não é como se começa e sim como se termina", iniciou Hernanes.

O Profeta ainda desmentiu as especulações que falavam de uma negociação para sua saída do clube. "Já sou laziale de coração, tenho uma ótima relação com a cidade, com os torcedores e com o time. No meu futuro não há nada de particular por enquanto. Tenho mais dois anos de contrato e estou feliz assim. Ainda não falamos sobre a renovação porque estávamos concentrados na final. Por enquanto não há nada de particular, portanto permanecerei na Lazio. Leonardo disse que eu seria ideal para o PSG? Fico feliz em interessar a estes clubes, significa que estou trabalhando bem, apenas isso", esclareceu.

Presente na lista dos 23 convocados por Luiz Felipe Scolari para a Copa das Confederações, Hernanes viajará imediatamente para o Brasil. "Não posso nem mesmo aproveitar este prêmio, pois ainda hoje devo partir para meu país. É mais um título para ser vencido. A um ano da Copa do Mundo, vencer seria muito importante para mim e para minha seleção", completou o camisa 8.

VAVEL Logo