Chelsea anuncia o retorno de José Mourinho
Mourinho já havia comandado o Chelsea de 2004 a 2007 (Foto: Divulgação/Site Oficial/Chelsea)

O Chelsea anunciou nesta segunda-feira (03) o retorno de José Mourinho ao comando técnico dos Blues, formalizando sua segunda passagem no clube londrino. O português de 50 anos assinou um contrato válido por quatro temporadas e substituirá o espanhol Rafa Benítez, que comandou o Chelsea interinamente desde a demissão de Roberto Di Matteo em novembro de 2012. Mourinho será apresentado em coletiva de imprensa no Stamford Bridge na próxima segunda-feira (10), e trará consigo, Rui Faria, Silvino Louro e José Morais como assistentes.

"No futebol, eu tive duas grandes paixões na minha carreira: o Internazionale e o Chelsea, sendo o último o mais importante para mim. Foi muito, muito difícil jogar contra o Chelsea e eu fiz isso apenas duas vezes, o que não é tão ruim", disse Mourinho.

A primeira passagem de Mourinho no Chelsea se iniciou em 2004, logo após o Porto, comandado pelo "Special One", ter conquistado a Liga dos Campeões. Em três temporadas, conquistou dois títulos da Premier League e da Copa da Inglaterra, e um da Copa da Liga Inglesa. Um desentendimento com o proprietário Roman Abramovich acabou motivando sua saída em 2007.

Técnicos do Chelsea na Era Abramovch

  1. Claudio Ranieri: Set/2000 a Maio/2004
  2. José Mourinho: Jun/2004 a Set/2007
  3. Avram Grant: Set/2007 a Maio/2008
  4. Luiz Felipe Scolari: Jul/2008 a Fev/2009
  5. Guus Hiddink: Fev/2009 a Maio/2009
  6. Carlo Ancelotti: Jun/2009 a Maio/2011
  7. André Villas-Boas: Jun/2011 a Mar/2012
  8. Roberto Di Matteo: Mar/2012 a Nov/2012
  9. Rafael Benítez: Nov/2012 a Maio/2013
  10. José Mourinho: Jun/2013

No Internazionale, venceu pela segunda vez a Liga dos Campeões em 2010, e logo depois, assumiu o Real Madrid. Em sua primeira temporada, ficou em segundo na La Liga, quatro pontos atrás do Barcelona. Na segunda, venceu o campeonato com mais de 100 pontos conquistados. Na terceira e última, fracassou ao permitir o Barcelona conquistar o título com certa facilidade e se desentendeu com os principais líderes do elenco madridista, como Iker Casillas, Sergio Ramos e Pepe.

"Ele leva consigo uma mentalidade vencedora para qualquer lugar que ele vá. Ele cria um espírito nos elencos muito, muito forte, o que você pode notar olhando de fora. Ele é um técnico nível top, todos nós sabemos disso", disse Ron Gourlay, chefe-executivo do Chelsea.

VAVEL Logo