Wenger reconhece erro por não ter contratado Bale
Técnico do Arsenal preferiu não selar transferência do galês em 2007 (Foto: Reprodução/ Supplied)

Gareth Bale poderia ter sido jogador do Arsenal por um montante irrisório, perto do que vale seu passe atualmente. Isso não ocorreu porque Arsène Wenger não quis contratá-lo, quando o atleta ainda era apenas uma aposta, o que lhe causa enorme arrependimento. ''Confesso que foi um grande erro'', expôs.

O técnico francês há anos observa jovens valores no mercado. Em 2005 o escolhido para integrar o elenco dos Gunners foi Theo Walcott, vindo do Southampton. Dois anos depois outra jovem promessa dos Saints entrou em pauta no Arsenal. Era exatamente Gareth Bale. Mas a contratação do galês foi descartada e o atleta pouco tempo depois foi anunciado no Tottenham, por £6 milhões.

''Nós não o contratamos porque tínhamos Ashley Cole e Clichy, não queríamos outro lateral esquerdo'', disse Wenger ao Tablóide inglês The Sun. Na época Bale ainda atuava na lateral esquerda. Arsène completou dizendo que a carreira de um jogador, às vezes, depende deste atuar na posição certa, que no caso de Bale foi encontrada no Tottenham.

Nos Spurs, atuando no sistema ofensivo, Bale foi eleito o melhor jogador da Premier League da atual temporada, gerando o interesse de grandes potências do futebol mundial por seu talento.

VAVEL Logo