Para jogo contra a Nigéria, técnico do Taiti quer apenas seu time jogando bem
Treinador Eddy Etaeta, à esquerda, e atacante Vahirua, à direita, dão coletiva no Mineirão (Foto: Reprodução/globoesporte.com)

O tão sonhado dia da estreia do Taiti na Copa das Confederações está chegando. Nesta segunda-feira (17), a seleção do pequeno arquipélago na Oceania encara a Nigéria no Estádio do Mineirão, às 16h. A equipe fez seus últimos treinos em Belo Horizonte e se mostrou encantado com o ambiente do jogo. Porém, no futebol, o técnico Eddy Etaeta esteve realista na expectativa para a partida.

"A Nigéria está em um momento interno conturbado, mas é uma seleção forte e sabe jogar bola. Vai ser muito difícil a gente derrotá-los, mas quero que os jogadores apenas se apresentem bem em campo. Se isso acontecer, já ficarei satisfeito. Não me importo com o resultado, só quero que joguem bem", ressaltou Etaeta.

Taiti: zebra, um único gol valerá como um título

Do time que deve começar jogando, a equipe que vai entrar com cinco defensores e apenas um atacante (esquema 5-4-1), ou seja: retranca total para tentar não levar goleada. A escalação não foi divulgada pelo treinador, mas é provável que a seleção jogue com Samin; Simon, Ludivion, Vallar, Caroine e Vero; Bourebare, Jonathan Tehau, Lorenzo Tehau e Vahirua; Chong-Hue.

Técnico se encanta com Mineirão

Sobre o palco do jogo, o elenco se surpreendeu ao ver o tamanho do Mineirão. "Lá, temos estádios com capacidade para 10 mil pessoas. Aqui, quando cheguei e vi este estádio enorme, me senti abismado. É um lugar com muita história. O gramado é de altíssima qualidade, os vestiários são enormes, é tudo muito fantástico", se encantou Etaeta.

treino taiti (Foto: Marcos Ribolli)

Seleção taitiana se surpreendeu com o Estádio do Mineirão, palco da estreia do time nesta segunda-feira

VAVEL Logo