Tottenham joga melhor e vence Southampton

No St. Mary's Stadium ocorreu um jogão, Tottenham e Southampton estavam procurando a vitória a todo custo, com a 'ousadia' de Tim Sherwood, o Tottenham conseguiu reencontrar o caminho da vitória, a partida terminou em 3-2 para o time de Londres, Adebayor (duas vezes) e Jos Hooiveld (contra) fizeram para o Tottenham, Lambert e Lallana marcaram para o Southampton. O próximo encontro do Tottenham é contra o West Bromwich, jogando no White Hart Lane, enquanto isso o Southampton enfrenta o Cardiff, no Cardiff City Stadium.


O Tottenham começou o jogo com uma formação bastante ousada, Tim Sherwood escalou o time com apenas um volante e três meio campistas mais criativos, Mauricio Pochettino escalou o Southampton com a maior normalidade possível, já que o time também contava com vários desfalques. Na primeira etapa, o Tottenham começou indo para cima do time da casa, que não aceitou este comportamento do adversário e foi respondendo e cada vez mais criando chances, a primeira foi com Rickie Lambert, o jogador veio pelo lado esquerdo, cortou para a direita e chutou, mas Hugo Lloris fez a defesa. Aos 12 minutos, Daniel Fox veio cruzando o campo da esquerda para a direita tocou para Lallana que vinha em profundidade, o jogador chutou rasteiro e cruzado e a bola entrou no lado esquerdo de Lloris, era o gol do Southampton. GOL DO SOUTHAMPTON, 1-0. Depois do gol, o time do norte de Londres mudou o seu estilo de jogar, mesmo que muito ofensivo, mas acanhado no começo. Um minuto após o gol do Southampton, o Tottenham foi pra cima com Sigurdsson, o jogador islandês recebeu um passe da esquerda de Danny Rose e chutou no canto esquerdo de Gazzaniga, mas foi pra fora, Erik Lamela também tentou, mas também foi pra fora. Aos 24 minutos, Adebayor roubou a bola no meio de campo, saiu em velocidade, tocou para Soldado, que correu para o lado esquerdo e cruzou, na área, Adebayor apareceu para finalizar, esse foi o gol do Tottenham. GOL DO TOTTENHAM, 1-1. Depois do equalizador, o Tottenham se conteve mais e o Southampton não teve muitas forças para atacar, tanto que, a outra jogada mais perigosa saiu após dez minutos do lance do gol, Sigurdsson tentou novamente e errou mais uma vez. O jogo esfriou, Mousa Dembélé recebeu falta aos 41 minutos, o jogador sentiu, mas continuou no jogo, na cobrança, Eriksen carimbou a barreira, e quando a bola voltou, Davis, do Southampton, conseguiu a posse, mas recebeu falta de Sigurdsson, que recebeu cartão amarelo. E assim acabou o primeiro tempo, um jogo bastante movimentado até os 25 minutos.


A segunda etapa foi bem mais emocionante do que a primeira, e técnica também, aos 49 minutos Dembélé voltou a sentir a sua lesão e dessa vez foi substituído pelo jovem Nabil Bentaleb, e aos 50, saiu o segundo gol do Tottenham, Danny Rose fez tabela com Lamela, na hora que Rose cruzou e Jos Hooiveld resvalou na bola jogando ela contra o seu patrimônio. GOL DO TOTTENHAM, 1-2. O Tottenham recuou muito depois da virada e o Southampton não se importou, foi pra cima e o empate foi questão de (pouco) tempo, nove minutos após o gol do Tottenham, ocorreu o empate, Adam Lallana recebeu a bola em profundidade e foi pra dentro da zaga do Tottenham, o goleiro Hugo Lloris saiu na bola, Lallana tocou para trás e Rickie Lambert aproveitou o gol livre para empatar. GOL DO SOUTHAMPTON, 2-2. Tim Sherwood viu que o argentino Erik Lamela estava – novamente – fazendo um jogo fraquíssimo e o tirou do jogo, colocando Nacer Chadli no lugar, Pochettino também fez uma substituição, tirou o meio campista Cork e colocou Ward-Prowse. Aos 63, saiu o terceiro gol do Tottenham, Nacer Chadli tocou para Adebayor, que entrou na área, cortou um zagueiro e chutou cruzado. GOL DO TOTTENHAM 2-3. Poucos minutos após o gol, Soldado perdeu uma grande chance de ‘matar’ a partida, chutando pra fora. Em uma saída envolvente e rápida de bola, Adebayor recebeu falta de Ward-Prowse, que recebeu amarelo com apenas 5 minutos em campo. Aos 67 minutos, Roberto Soldado perdeu pela segunda vez a chance de matar o jogo, após belo passe de Chadli, o atacante espanhol chutou longe do gol. Após perceber alguns problemas no time e também com a intenção de dar mais ofensividade e criatividade, Pochettino sacou Steve Davies e colocou Gastón Ramírez. O Tottenham novamente estava no ataque, novamente com Soldado e, novamente ele perdeu uma chance de matar o jogo. O Tottenham estava totalmente disposto a matar o jogo e garantir uma vitória muito difícil fora de casa, na casa dos 70 minutos, Adebayor passou a bola para Chadli, que chutou perigosamente, mas para fora. O Southampton começou a trocar passes e com isso chegava ao ataque, Lallana recebeu bola de Lambert, chutou mas a bola parou nas mãos de Hugo Lloris, Gastón Ramírez também tentou, com um belo arremate de longe, o jogador mandou a bola muito perto do gol de Lloris, Pochettino estava procurando o empate, tanto que tirou o defensor Daniel Fox e colocou o atacante Sam Gallagher, Sherwood também fez uma troca, tirou Soldado e colocou Defoe. O juiz deu cinco minutos de acréscimos, e no tempo adicional, Rickie Lambert quase empatou, com um chute que foi em direção ao lado esquerdo de Lloris. O jogo acabou assim, o Tottenham conseguiu um vitória difícil fora de casa.


ESCALAÇÕES
Southampton:
Gazzaniga; Hooiveld, Fox (Gallagher aos 78), Lovren, Chambers; Davis (Gastón Ramírez aos 69), Cork (Prowse aos 63), Schneiderlin, Lallana, Lambert; Rodriguez.


Tottenham: Lloris; Walker, Chiriches, Dawson, Rose; Dembélé (Bentaleb aos 49), Eriksen, Sigurdsson, Lamela (Chadli aos 61); Soldado (Defoe aos 86) e Adebayor.
 

VAVEL Logo