Um futuro promissor em Wolfsburg
Maximilian Arnold, meia de 19 anos, a maior promessa do Wolfsburg (Foto: Bundesliga)

O empate em 2 a 2 com o Borussia Mönchengladbach, na última rodada da Bundesliga antes da pausa de inverno, evidenciou o bom trabalho da base do Wolfsburg. Um trabalho que está começando a dar frutos e, aos poucos, ajudará o clube a se tornar uma das grandes forças do futebol alemão e, consequentemente, do futebol mundial.

Maximilian Arnold e Robin Knoche não estavam em um dia tão feliz, mesmo assim ajudaram a equipe a conseguir esse valioso ponto fora de casa. Robin Knoche foi um pouco fraco na marcação, deu algum espaço para Raffael e Max Kruse jogarem, mas nesse caso foi conseqüência da fraca marcação de Slobodan Medojevic e Ricardo Rodríguez. Maximilian Arnold não apareceu muito, e teve poucas oportunidades para deixar o seu, arriscou alguns chutes, e no final ainda terminou o jogo atuando como Meia Central ao lado de Luiz Gustavo, pois o treinador Dieter Hecking resolveu colocar Ivan Perisic no lugar de Medojevic, recuando a jovem promessa para atuar ao lado do brasileiro.

Alguns números de Maximilian Arnold e Robin Knoche na partida:

Maximilian Arnold Estatísticas Robin Knoche
0 Gols 0
2 / 2 Chutes / A gol 1 / 0
1 Chances criadas 0
25 / 22 Passes / Certos 51 / 47
1 Divididas 3
0 / 0 Bolas interceptadas / Claras de gol 12 / 6
3 Faltas 0
5 Nota 4

Dos 25 passes tentados por Arnold, cinco deles foram longos, isso mostra o quanto o garoto tenta. Arnold já está bem amadurecido, e para se tornar uma realidade, não vai demorar muito.

Outra criação da base, que já figura nos profissionais, é o jovem goleiro Patrick Drewes, que ao lado de Maximilian Arnold e Robin Knoche, são os únicos no elenco do Wolfsburg criados dentro de casa.

O Profissional é logo ali

O sub 23 e o sub 19 são as amostras que o clube está fazendo um trabalho sério nas divisões de base. Com um futebol ofensivo e bonito de se ver jogar, as duas equipes mostram amplo domínio sobre seus adversários em suas divisões.

O sub 23 do Wolfsburg atua na Regionalliga Nord, equivalente à 4° divisão Alemã. Mesmo com a última derrota, em casa, perante o Goslarer, o clube continua 3 pontos à frente do 2° colocado. A campanha é incrível, são: 39 pontos em 19 partidas, com 12 vitórias, 2 empates e 5 derrotas. Tem o melhor ataque (44) e a melhor defesa (18).

Os grandes destaques da equipe são jogadores não-formados na base, mas que antes de chegarem aos profissionais, passam pelo sub 23: Justin Eilers (25 anos) e Wilhelm Evseev (21 anos). Os dois são responsáveis por 19 gols da equipe, mas como Evseev se destacou demais, acabou integrado ao elenco de profissionais, foi até relacionado na última partida, contra o Gladbach.

Nem todos os jogadores chegam a passar pelo sub 23 antes de ingressar nos profissionais, esse foi o caso de Maximilian Arnold, jogador que se destacou muito na última temporada pelo sub 19, e acabou subindo direto para os profissionais, onde estreou com três gols nas três primeiras partidas, igualando assim o recorde de Lukas Podolski.

O sub 19 do Wolfsburg é o mais forte da Alemanha, deixando o Stuttgart, que até pouco tempo era o melhor time de base da Alemanha, para trás.

Porschestadion, estádio com capacidade para 6 mil torcedores, utilizado pelo sub 19 (Foto: Stadionwelt)

Essa temporada o clube continua inigualável e insuperável na sua divisão (Nord/Nordost), onde já é bicampeão. Com 12 vitórias e apenas 2 derrotas, além de obter o melhor ataque (57) e a 2° melhor defesa (15), atrás apenas do Hertha(14), o clube vai em busca do bicampeonato da Bundesliga sub 19. O primeiro título veio após a vitória por 3 a 1 sobre o Hansa Rostock, na última temporada.

Atualmente, o grande destaque das divisões de base do Wolfsburg é o ponta Palacios Martínez, que na última rodada marcou seis gols contra o Union Berlin, na vitória por 8 a 2 sobre o time da capital. O jogador perderá seu grande companheiro, Julian Brandt, que durante 3 temporadas fizeram uma dupla de muito sucesso. Brandt, a partir de janeiro, irá atuar pelo Bayer Leverkusen.

LEIA MAIS: Julian Brandt é o primeiro reforço do Leverkusen para janeiro

Federico Palacios Martínez, ponta de 18 anos, até agora na Bundesliga sub 19 marcou 29 gols (Foto: waz-online)

Com o destaque que vem tendo no sub 19, não vai demorar para Palacios Martínez figurar entre os profissionais do Wolfsburg, afinal, seus 29 gols em 14 jogos obviamente que servirão para demonstrar seu valor.

Os adversários

O Wolfsburg tem tudo para continuar soberano nas divisões de base e, consequentemente, mostrar o valor dos seus garotos nos profissionais. Esse bom trabalho de base tem tudo para dar muitos frutos no futuro não muito distante.

Clubes como Bayer Leverkusen, Schalke 04, Eintracht Frankfurt, Freiburg, Mainz e Hertha Berlin também começam a olhar para suas divisões de base com outros olhos, alguns desses já até conseguem aproveitar os jovens valores nos profissionais.

O clube do Stuttgart, que tinha a melhor base do país, aos poucos volta a ver com bons olhos os seus jovens valores. Timo Werner, que era a principal esperança dos suábios, já está tendo suas oportunidades e mostrando todo seu valor. Mesmo jogando fora de sua posição, centroavante de origem, Werner se adaptou bem, e está exercendo com muita eficiência a nova função que Thomas Schneider ofereceu a ele.

Os clubes alemães estão começando a perceber que o futuro está dentro de casa, e estão dando mais valor a suas criações, podendo lucrar muito mais. E o Wolfsburg saiu à frente de todos nesse quesito.

VAVEL Logo