José Mourinho dispara contra a retranca do West Ham

Decepcionado com a perda de dois pontos no empate sem gols com o West Ham, na última quarta-feira (29) em Stamford Bridge, o treinador do Chelsea criticou com veemência a postura e o esquema tático dos Hammers. De acordo com José Mourinho, o adversário veio para o jogo com o único propósito: não sofrer gols.

É importante lembrar que a atuação do West Ham não foi de total demérito, afinal, marcar é uma alternativa, retraída, mas válida. Também não se pode esquecer a grande atuação do goleiro Adrian, que fez defesas espetaculares. Apesar disto, Mourinho não poupou criticas a equipe de Sam Allardyce.

"Uma partida de futebol se trata de dois times jogando e essa partida teve apenas um. É muito difícil jogar futebol quando apenas um quer jogar. Muito difícil", falou o técnico português depois do jogo.

"Disse ao Big Sam que isso não é a Premier League, não é a melhor liga do mundo, mas sim futebol do século 19. A única coisa que eu poderia ter feito era trazer uma furadeira para destruir esse muro”, disparou Mourinho no calor do momento. 

Mesmo com as reclamações, o comandante admitiu que entende a posição do treinador adversário, até por que eles estão na zona da degola e lutam contra o descenso à segunda divisão. 

“Eles precisam pontuar e, por causa disso, vir aqui e jogar da maneira como jogaram, é aceitável? Sim, talvez. Não posso ser tão crítico, por que se eu estivesse no lugar dele não sei se faria o mesmo. Talvez", finalizou.
  

VAVEL Logo