No apagar das luzes, Liverpool não consegue fechar com Konoplyanka

No último dia da janela de transferências de inverno ocorreu o que, provavelmente, foi a maior novela do Deadline Day. O Liverpool e Yevhen Kornoplianka chegaram a um acordo, porém, o presidente do Dnipro não assinou a papelada, impedindo que o jogador trocasse Dnipropetrovsk pela terra dos Beatles.

O atleta chegou a ser aprovado nos exames médicos e só não assinou por causa do seu empresário, Oliver Cabrera, dono de OML Sports & Marketing, a empresa a qual o jogador pertence.

"Nós temos uma relação muito boa com o presidente Kolomoyskyi e ele não quis fazer negócio com o jogador", declarou o empresário.  

O atacante de 24 anos surgiu como principal alvo dos Reds depois que Mohamed Salah, do Basel, escolheu o Chelsea em vez do Liverpool. O passe do atleta ucraniano está avaliado em 15 milhões de libras. 

Brendan Rodgers, treinador dos Reds, admitiu que gostaria de ter fortalecido o grupo com a contratação de Konoplyanka. Mesmo assim, o norte-irlandês acredita que tem um bom elenco em mãos. “Estou bastante satisfeito com o grupo que ainda tenho”, destacou o técnico do Liverpool, que está em quarto colocado na Premier League. 

"Se conseguirmos manter os jogadores em forma, e maximizar a disponibilidade para o resto da temporada, podemos ter uma grande chance de ter um bom final na Premier League, e é isso que queremos", concluiu Rodgers. 

O insucesso na negociação despertou o interesse dos Spurs, que prometem entrar firme para contar com os serviços de Konoplyanka na próxima janela de transferências. O Tottenham atualmente aparece na sexta posição do Campeonato Inglês. 
 

VAVEL Logo