No sufoco, Bayer Leverkusen vence o Stuttgart e reencontra a vitória na Bundesliga

Desfalcados, Bayer Leverkusen e Stuttgart se enfrentaram pela 19ª rodada da Bundesliga 2013/14 buscando a reabilitação, já que ambos os times não vencem à três jogos. Os Werkself fizeram valer o seu mando de campo e venceram os Suábios pelo placar de 2 a 1 com gols de Kießling e Derdiyok. Leitner descontou para o Stuttgart.

Com o triunfo, o Leverkusen segue na 2ª colocação com 40 pontos, à dez do líder Bayern e a quatro do 3º colocado Borussia Dortmund, que venceu o seu jogo contra o lanterna Braunschweing na última sexta-feira (31). Já o Stuttgart caiu para 13º na tabela com 19 pontos, mesma pontuação do Freiburg, primeiro time na zona de repescagem.

Primeiro tempo movimentado com gols e chances criadas

Sem poder contar com Boenisch, lesionado, e Guardado, a principal contratação do Leverkusen no inverno, o treinador Sami Hyypia teve que improvisar mais uma vez Emre Can na lateral-esquerda, posição onde o jogador não vem agradando muito o torcedor Leverkusener. Além disso, o ex-zagueiro finlandês pôde contar com a volta de Hilbert que estava lesionado havia seis meses e Sidney Sam, um dos principais jogadores do time que ficou no banco de reservas. A partida de hoje foi de festa para dois jogadores do Bayer 04: Rolfes e Castro completaram 250 jogos na Bundesliga vestindo a camisa do clube.

Do outro lado, o treinador do Stuttgart, Thomas Schneider, teve o volante e capitão Gentner como seu único e principal desfalque. O jogador sofreu uma lesão no músculo da coxa e segue no departamento médico. Schneider ainda optou por colocar dois atacantes de ofício (Ibisevic e Adbellaoue) com a intenção de furar a retranca do time da casa.

Nos primeiros minutos de jogo, o time da casa manteve a posse de bola e tentava chegar ao ataque através dos lançamentos longos, mas foi o Stuttgart que pela primeira vez. Werner fez ótima jogada pela esquerda, passando por dois jogadores e tocou no meio para Ibisevic, que foi travado quando tentou a finalização. Não demorou muito e os suábios atacaram novamente e desta vez, foram felizes. Em bola alçada na área, o goleiro Leno espalmou pra fora da mesma e Leitner, acertando um belo chute, abriu o placar para o time visitante.

O Leverkusen sentiu o gol e viu o Stuttgart crescer ainda mais na partida, anulando qualquer chance de ataque do time da casa. Enquanto isso, o Bayer errava diversos passes curtos, o que irritava a sua torcida. Aos 26, o inesperado. Aproveitando um erro da defesa dos Suábios, Stefan Kießling, que não marcava um gol desde novembro, invadiu a área e tocou na saída do goleiro Ulreich, empatando a partida. A partir daí, o Bayer impôs seu ritmo de jogo e foi em busca do gol da virada. Aos 32 minutos, Son tentou a finalização e Ulreich caiu pra fazer a defesa. Não demorou muito o sul-coreano chegou mais uma vez ao campo adversário e finalizou, porém a bola pegou no travessão.

Ainda assim, mesmo com o gol sofrido, o Stuttgart também chegava ao ataque, tornando assim a partida bastante movimentada nos minutos sinais. Harnik cabeceou bem e obrigou Leno a fazer uma excelente defesa. Do outro lado, o Leverkusen melhorou na partida e seguiu em busca do segundo gol. Kießling, em boa jogada, tocou para Son que finalizou fraco, perdendo a sua segunda chance clara de gol.

Segundo tempo começa monótono mas Leverkusen reage nos minutos finais

Pra segunda etapa, Hyypia promoveu a entrada de Sidney Sam na vaga de Reinartz, dando mais poder de fogo ao ataque do Leverkusen. Sam, que é um dos principais jogadores do time, estava parado desde novembro devido a uma lesão na coxa. Do outro lado, Thomas Schneider, treinador do Stuttgart, manteve o time do primeiro tempo.

Ambos os times manteram a posse da bola e pouco ameaçavam nos primeiros cinco minutos do segundo tempo mas foi o Leverkusen que chegou ao ataque. Castro cortou pro meio e arriscou, a bola passou ao lado do gol do Ulreich. O Stuttgart tentava retribuir a pressão sofrida e Rausch lançou Harnik que dividiu a bola com Spahic e levou a pior, saindo de campo lesionado para a entrada de Maxim. A entrada de Sam no Leverkusen rapidamente fez efeito e em cobrança de falta do mesmo, Kießling tentou o cabeceio e Ulreich fez uma excelente defesa.

Aos 25 do segundo tempo, quando Sam iria cobrar o escanteio, os torcedores do Stuttgart presentes na BayArena arremessaram objetos contra o meia-atacante do Leverkusen. Maxim, jogador dos suábios, pediu para que a sua torcida parasse de atirar os objetos no gramado e a mesma não deu atenção e continuou, paralisando assim a partida por dois minutos. Logo após o incidente, Hyypia mexeu pela segunda vez na sua equipe, colocando Derdiyok na vaga do Son, mudando totalmente a formação tática do time da fábrica.

Schneider colocou Traoré na vaga do jovem Werner, optando por jogar nos contra-ataques já que o Leverkusen, com dois atacantes em campo, ficava por mais tempo no campo adversário. O time da casa seguia em busca do gol da virada e as modificações feitas por Hyypia surtiram efeito. Sam fez boa jogada pela esqueda e cruzou, Kießling fez o 'corta-luz' e Derdiyok, por trás da defesa, colocou o Leverkusen na frente pela primeira vez na partida: 2 a 1.

Logo após o gol, o Bayer 04 seguiu no ataque buscando ampliar e por pouco não conseguiu. Em contra-ataque armado por Castro, Sam saiu na cara de Ulreich e o goleiro afastou o perigo. O treinador do Stuttgart colocou o atacante brasileiro naturalizado alemão Cacau, deixando assim o time com três atacantes em campo. Por sua vez, Hyypia promoveu a entrada de Wollscheid na vaga do Kießling que, com o gol de hoje, chegou a 14 gols em 17 jogos contra o Stuttgart. No último minuto da partida, em bola rebatida, Cacau arriscou de fora da área e a bola passou a esquerda do goleiro Leno.

Jogadores do Leverkusen saúdam a sua torcida após a suada vitória (Foto: Divulgação/ BILD)

Na próxima rodada da Bundesliga, o Bayer Leverkusen visitará o Borussia Mönchengladbach, enquanto o Stuttgart receberá o Augsburg na Mercedes-Benz Arena.

VAVEL Logo