Mainz 05 vence o Freiburg em casa e encosta no Wolfsburg
Joo-Ho Park comemora com Junior Díaz seu primeiro gol pelo Mainz 05

Jogando na Coface Arena, neste sábado (1), o Mainz recebeu o Freiburg de olho em uma possível aproximação a uma das vagas para a próxima edição da Liga Europa. Sem contar com Nicolai Müller que sofreu uma pequena lesão no joelho durante o jogo contra o Stuttgart, o treinador Thomas Tuchel levou a campo o camaronês Choupo-Moting e optou por escalar Yunus Malli de titular, enquanto Ja-KCheol Koo começou a partida no banco de reservas. Pelo lado do Freiburg foi Mike Hanke quem começou no banco de reservas.

Mesmo não sendo mais aquele time que eliminou o Mainz da DFB-Pokal (Copa da Alemanha) na última temporada, o Freiburg buscava a vitória fora de casa para se afastar da zona de rebaixamento e, com um time repleto de mudanças com relação ao da temporada passada, a missão seria difícil. Já para o Mainz o maior empecilho para seus planos seria o goleiro do Freiburg o bom Oliver Baumann.

Diante de um bom público, embora com muitas cadeiras vazias, o Mainz começou a partida indo pra cima do Freiburg e por pouco não marcou já no começo da partida. Em contra golpes o time visitante assustava principalmente nas jogadas do francês Schmid, Geis estava em dia inspirado, mas suas cobranças de falta eram salvas por Baumann e nas cobranças de escanteio nenhum jogador do mais conseguia vencer a “parede defensiva” do Freiburg.

Apenas aos 24 minutos foi quando o Mainz conseguiu encaixar um bom ataque e conseguiu seu primeiro gol. Moritz recebeu a bola na intermediária e passou para Joo-Ho Park que chegava sem marcação de frente para o gol, o sul-coreano ajeitou a bola e arriscou mesmo de longe e contou com a sorte afinal a bola desviou em um defensor e acabou encobrindo Baumann que estava um pouco adiantado, foi o primeiro gol de Park com a camisa vermelha e branca do Mainz em 19 jogos. Após o gol o Freiburg teve boas chances, no entanto Schmid não conseguiu marcar, o Mainz ainda conseguiu assustar com Geis, mas o primeiro tempo terminou mesmo com vitória parcial do time da casa.

Para a segunda etapa Streich fez uma mudança, tirou o tcheco Kadlec e colocou em seu lugar o alemão Klaus na tentativa de melhorar o ataque e para o meio campo colocou o francês Coquelin no lugar de Schuster, mas as mudanças não surtiram efeito imediato e, apesar de assustar o Freiburg, não conseguia fazer com que Karius tivesse que fazer uma grande defesa.

Aos 58 minutos foi Koo que entrou no jogo no lugar de Malli, o Mainz teve boas chances com Choupo-Moting que driblou os marcadores e chutou fraco e com Díaz e Noveski que aproveitaram cobranças de escanteio para de cabeça assustar Baumann, a jogada mais perigosa do Freiburg foi uma chance com Höhn que dentro da área finalizou marcado por Noveski, a bola bateu no capitão do Mainz e acabou subindo e indo por cima do gol, mas chegou a assustar.

Oo Mainz consolidou sua vitória aos 86 minutos, quando Geis fez boa jogada pela direita e deu um passe por elevação para Koo que dominou no peito e com a perna direita limpou a marcação para ficar cara a cara com Baumann e fez esquerda chutar a bola sem chances para o goleirão, aos 90 minutos Tuchel colocou em campo o Niko Bungert, ele que renovou contrato com o Mainz durante a semana e possivelmente será titular absoluto do time após a aposentadoria de Noveski e Svensson.

Com a vitória o Mainz chegou a sua nona no campeonato e empatou em pontos com o Wolfsburg, seu adversário na próxima rodada. Já o Freiburg contou com a derrota do Hamburgo para não entrar na zona de play-off contra o rebaixamento, no entanto as luzes estão ligadas no clube que após conseguir uma vaga na edição da Liga Europa 2013/2014 corre sérios riscos de ser rebaixado.

VAVEL Logo