Çalhanoglu renova com o Hamburgo até 2018
Çalhanoglu é visto como o futuro da seleção turca (Foto: Divulgação/HSV)

Vivendo um momento delicado Bundesliga 2013-14, o Hamburgo busca ao menos, como consolo, manter as peças que tem feito a diferença na atual temporada. Uma delas é o turco Hakan Çalhanoglu, que prolongou o seu contrato por mais dois anos, até junho de 2018. O jogador havia sido sondado na janela de transferências de inverno por grandes europeus como Arsenal, Liverpool e Galatasaray.

"Estamos felizes de ter um jogador jovem com tanto futuro como Hakan, comprometido com o clube a um longo prazo. Com esta renovação, confirmamos o nosso projeto para os próximos anos" afirmou Oliver Kreuzer, diretor esportivo do Hamburgo. 

O jovem turco de nacionalidade alemã também reconheceu a satisfação com a extensão do seu contrato: "Eu sempre afirmei que me sentia confortável, tanto na cidade quanto no clube. Quero continuar jogando com o Hamburgo pela Bundesliga e com um tempo se tornar um jogador importante da equipe, apesar do momento difícil em que estamos passando".

Nascido em Mannheim, Alemanha, Çalhanoglu chegou ao HSV nesta temporada vindo do Karlshurer, onde havia sido fundamental para o clube chegar a segunda divisão da Bundesliga marcando 17 gols e dando 12 assistências, inclusive, no seu primeiro ano como jogador profissional.

Jogador de enorme talento, se destaca pelas precisas cobranças de falta, fator que o denomina um dos melhores jogadores da Bundesliga na função. Na atual temporada, Çalhanoglu anotou cinco gols e duas assistências em 18 jogos. Fez sua estreia pela Turquia em setembro do ano passado, em partida válida pelas eliminatórias da Copa do Mundo onde a sua seleção goleou a Andorra por 5 a 0.

Problemas na renovação de contrato com Jonathan Tah

Além disso, o HSV pode encontrar problemas legais pelo contrato do defensor Jonathan Tah, de 17 anos. O clube pode ter violado as regras da Fifa que dizem que um jogador com menos de 18 anos só pode assinar contrato em um clube por um período máximo de três anos. 

  

As regras da Fifa consideram nulos os contratos superiores a três anos para jogadores menores de 18 anos (Foto: Reprodução/mibundesliga)

Tah tinha 17 anos na época da sua renovação de contrato até 2018, quando vários clubes ingleses demonstraram interesse em contar com o zagueiro do Hamburgo, uma das revelações da Bundesliga. O contrato do jovem alemão contempla uma cláusula de € 25 milhões, assim, com progressivos aumentos salariais, o jogador poderá receber € 120.000 mensais. 

VAVEL Logo