Guia VAVEL da Copa Libertadores: Unión Española
Time estará no grupo 2 da Libertadores (Arte: Walter Paneque/VAVELcom)

Localizado em Santiago, no Chile, o Unión Española foi fundado em maio de 1897, sendo assim um dos clubes mais antigos do país. A classificação de um time chileno para a Copa Libertadores da América se dá por três vias: Torneio Transición, Torneio Apertura e Liguilla Pré-Libertadores (com os quatro melhores colocados, exceto o campeão, para disputar a última vaga). O Unión Española foi o campeão do Transición, seu sétimo título nacional. Foram 38 pontos conquistados, com 12 vitórias, dois empates e três derrotas. O time venceu o Colo Colo por 1 a 0 na última rodada e garantiu a vaga.

A melhor participação do Unión na Libertadores foi em 1975, quando terminou em 2º lugar. Em 2012, a equipe foi campeã da versão sub-20 do torneio. Com média de idade de 24 anos, os chilenos possuem apenas quatro jogadores com mais de 30 anos: o atacante Gustavo Canales, o zagueiro Sebastián Miranda e os meias Scotti e Gonzalo Villagra. O destaque da equipe é o atacante Sebastian Jaime, de 26 anos. O jogador foi artilheiro do time no Apertura com sete gols marcados. O meia Canales, que estreou pela seleção chilena em 2011, também se destaca no time. O Unión Española teve a defesa menos vazada do Transición, e um dos principais responsáveis foi o zagueiro Matías Navarrete, xerife chileno. Confiando na solidez defensiva, a equipe espera ao menos passar da fase de grupos, algo muito difícil.

José Luis Sierra, o comandante

O técnico é José Luis Sierra, ex-jogador do Valladolid, Colo-Colo, São Paulo e do próprio Unión Española. Sierra começou o trabalho de treinador nas categorias de base do Unión, em 2009. No clube, conquistou em 2013 o torneio Transición e a Supercopa do Chile. Por ter sido um ídolo do clube, o técnico tem o respeito de todos, o que facilita o trabalho.Com apenas 45 anos, Sierra costuma montar times ofensivos, com até três atacantes e pontas rápidos e ofensivos.

Sebastian Jaime, o artilheiro

Revelado nas categorias de base do Defensores de Cambaceres, da Argentina, o atacante Sebastian Jaime é a grande esperança do Union Española na disputa da Copa Libertadores. No clube chileno desde 2011, o argentino soma mais de 130 aparições com a camisa vermelha e tem 53 gols marcados. Na ausência de Patricio Rubio, artilheiro do time na conquista do Transicion, e que foi vendido para a Universidad de Chile, Jaime se transformou na principal referência da equipe no campo de ataque.

Como o Unión Española joga

Em um 4-4-2, a equipe base do Unión é: Diego Sánchez; Dagoberto Currimilla; Jorge Ampuero, Matías Navarrete e Nicolás Bernardo; Diego Scotti, Gonzalo Villagra, Lorenzo Faravelli e Matías Toro; Sebastián Jaime e Carlos Salom.

VAVEL Logo