Marco Materazzi critica ex-companheiro Lúcio e revela bronca de José Mourinho no brasileiro

Mesmo após três anos de sua aposentadoria, o ex-zagueiro Marco Materazzi continua se envolvendo em polêmicas. Em entrevista realizada nesta quinta-feira (13), o campeão do mundo em 2006 afirmou não ficar surpreso com a crise que Lúcio viveu no São Paulo em 2013. Materazzi criticou a forma como o brasileiro se comporta em campo e chegou a revelar uma bronca dada pelo técnico, José Mourinho (atualmente no Chelsea-ING), no intervalo da final da Uefa Champions League 2009/2010 contra o Bayern de Munique (vitória nerazzurri, por 2 a 0). Italiano participava de um evento promovido pela Nike para lançamento da chuteira “Tiempo Legend” quando concedeu a entrevista ao repórter do LanceNet.

Em meio às críticas, Materazzi recordou o episódio que ocorreu no vestiário de Wembley: “Antes do jogo, o Mourinho advertiu o Lúcio: ‘Se você pegar a bola e subir ao ataque daquele jeito maluco, te tiro na hora’. Com menos de cinco minutos, o Lúcio foi ao ataque, acabou desarmado e tomamos um contragolpe nos pés do Olic. O Mourinho ficou maluco. Só não tirou o Lúcio porque era começo de jogo. No intervalo, o Mourinho ameaçou: ‘Lúcio, se você fizer aquela porcaria de novo, eu te mato!’”.

Companheiro de Lúcio por três temporadas, Materazzi chegou a atuar junto com o brasileiro no setor defensivo da Internazionale. Porém, o italiano reprovou o estilo de jogo do atual defensor palmeirense, alegando ser difícil formar uma dupla de zagueiros com o mesmo. O argentino Walter Samuel, que foi parceiro de zaga do Lúcio em toda a campanha da Inter na Uefa Champions League 2009/2010, foi exaltado pelo ex-jogador: “Deveriam erguer uma estátua para o Samuel. Jogar ao lado do Lúcio não é nada fácil...”.

Materazzi se referiu as constantes subidas do zagueiro ao ataque, deixando a defesa exposta. Lúcio repetiu tal comportamento em sua passagem pelo São Paulo, em 2013 e acabou vivendo uma das piores fases de sua carreira.

Conhecido por se envolver em brigas e polêmicas ao longo de sua carreira, Materazzi afirma que esperava essa queda de rendimento no final da carreira do brasileiro e atentou à importância de um jogador se aposentar em alto nível. O italiano ainda comentou o fato de Lúcio ser muito reservado e falar pouco. “Não dá para saber o que se passa na cabeça do Lúcio. Ele não fala com ninguém, é um cara muito fechado.” – disse o ex-jogador.

VAVEL Logo