Neymar: "Serei campeão da Copa do Mundo"
Foto: Carla Cortés (VAVEL).

Em entrevista ao site Fifa.com, o atacante Neymar, principal reforço do Barcelona para a temporada e atual camisa 10 da Seleção Brasileira, comentou abertamente sobre as principais etapas de sua carreira. Entre elas, sua relação com o argentino Lionel Messi, a expectativa para disputar a Copa do Mundo em seu país e a sua nova rotina de vida na Catalunha.

Seleção Brasileira

Eleito o craque da última Copa das Confederações, disputada no Brasil em junho de 2013, Neymar vive a expectativa para realizar o seu sonho de infância: defender a Seleção, trajando a camisa 10 em uma Copa do Mundo. O atacante de 22 anos não escondeu a ansiedade e comentou sobre a oportunidade de defender sua pátria, jogando em casa.

"Serei campeão da Copa do Mundo"

"É uma oportunidade única. Também estamos felizes por saber que outras pessoas conhecerão nossa cultura. Sei que o Brasil abrirá as suas portas ao mundo".

Entretanto, não foram apenas de bons momentos que a passagem de Neymar pela Seleção Brasileira ficou marcada. Anteriormente, com o comando técnico de Mano Menezes, o antigo camisa 11 canarinho era criticado pelas suas atuações abaixo do esperado. Com a chegada de Luis Felipe Scolari, as coisas mudaram e os títulos vieram. Grato pelas oportunidades, Neymar elogiou o trabalho de Felipão que deu o toque que faltava a equipe.

"Acho que a equipe criou uma identidade própria. Precisávamos de tempo para treinar e ter um melhor entrosamento. Tivemos isso na Copa das Confederações e deu tudo certo. A união do grupo tanto dentro como fora de campo foi incrível e nos motivou a se esforçar mais pela equipe. Isso nos ajudou a vencer".

Finalizando as perguntas sobre Seleção Brasileira, Neymar foi simples e direto ao revelar seu desejo para 2014: "Ser campeão da Copa do Mundo". O cargo de camisa 10 da equipe não o intimida, porém, o craque sabe a união do grupo é a principal arma para buscar o hexacampeonato.

"Que ela tenha a certeza que vai contar com 23 guerreiros lutando pelo sonho de um país. Espero que ela nos motive até fim, porque vamos nos esforçar por ela também".

Neymar foi eleito o craque da Copa das Confederações 2013, sendo peça fundamental no título brasileiro. (Foto: Getty Images)

Barcelona e Lionel Messi

Oficializada no dia 25 de maio de 2013, Neymar acertou sua transferência ao Barcelona, apesar de também ter recebido propostas de clubes rivais, como o Real Madrid. Durante sua apresentação pelo clube catalão, o atacante afirmou que seria uma honra jogar ao lado de Lionel Messi e o ajudaria a continuar sendo o melhor jogador do mundo. Apesar da idolatria, Neymar revelou-se surpreso com o futebol do argentino e brincou sobre uma possível final entre Brasil e Argentina na Copa do Mundo.

"Sim, até falei com ele sobre uma possível final entre Brasil e Argentina. Mas com o Brasil campeão, claro. Sempre torci por ele e ainda mais agora que conheço. Quero que ele se saia bem em tudo. Ele me surpreendeu muito, inclusive como jogador. Não sabia que era tão bom quando o via pela TV".

Durante a final da Copa das Confederações, contra a Espanha, Neymar já sabia que atuaria pelo Barcelona na próxima temporada. Autor do segundo gol brasileiro na decisão, o atacante mostrou estrela e faro de gol contra alguns de seus futuros companheiros e rivais.

"Sim, foi diferente jogar uma final contra meus futuros companheiros naquele momento. Hoje, até falamos sobre aquilo, brincamos, mas são brincadeiras que ficam entre nós. Foi uma felicidade enorme ganhar a Copa da Confederações".

Sua adaptação no Barça foi rápida e hoje, após boas atuações, caiu nas graças do torcedor espanhol e ao lado de Lionel Messi é tido como uma das principais armas ofensivas do clube para a disputa da Liga dos Campeões da Europa. Neymar comentou sobre sua rápida adaptação ao novo clube.

"Graças a Deus tive muita sorte, principalmente por ter encontrado um grupo com jogadores que me receberam muito bem. São atletas que ganharam praticamente tudo na vida e ainda seguem com a mesma humildade. É o principal fator para que tudo esteja indo bem".

Neymar evita comparações com Lionel Messi, e sabe que o cargo de prinicipal jogador da equipe catalã cabe ao argentino. Em alta no Barcelona após bom começo de temporada, Neymar ganhou muito elogios de Lionel Messi nesta quinta-feira. Durante apresentação de novo patrocinador do clube, o argentino disse acreditar que o camisa 11 tem grande talento e pode chegar a ser o número um do mundo no futuro.

"No futebol nunca se sabe o que acontecerá, mas creio que Neymar será o melhor do mundo pela qualidade e condições que tem. É um prazer compartilhar o campo com ele, que tem potencial para qualquer coisa e pode chegar onde quiser"

Craques e companheiros, Neymar e Messi são a esperança de gols do Barcelona na temporada (Foto: Miguel Ruíz)

Nova vida na Catalunha

No Santos, Neymar ficou conhecido pelo seu estilo festeiro e sempre cercado de amigos. Já no Barcelona, as coisas mudaram um pouco de figura. Longe do calor brasileiro e adotando um comportamento mais comedido, o atacante revelou que, apesar da mudança, continua sendo o mesmo apesar dos novos ares.

"Continuo sendo o mesmo. Apesar de ter ganhado experiência, né? Pelo fato de estar em outro país, outro ambiente e conhecer uma nova cultura. Isso é muito bom"

Apesar de sentir falta de casa e sofrer com a pouca fluência na língua espanhola. Neymar se mostrou entusiasmado com a oportunidade de jogar em um grande clube europeu. Mesmo com as diferenças entre morar em Santos e Barcelona, o novo clima parece ter agradado o camisa 11 catalão.

"Sinto falta de casa, dos meus amigos e da minha família. Estou vivendo um sonho de infância, que era jogar num time europeu. E no Barça, um time grande, é uma honra. Gosto da cidade, do clima e das pessoas. É bem parecido com o Brasil. Isso ajuda muito. Tem até praia".

Apesar de sentir falta de casa, Neymar gosta do novo clima que vive em Barcelona (Foto: Miguel Ruíz)

VAVEL Logo