Comandado por Brendan Rodgers, Liverpool parece ter reencontrado o caminho vitorioso
O treinador chegou ao time na temporada 2012-13 (Foto: Reprodução/Liverpool FC)
Com um bom desempenho no Liverpool, Rodgers faz sua segunda temporada pelo clube, e mostra que é "o cara" para comandar os Reds. O treinador norte-irlandês chegou ao Liverpool na temporada de 2012-13, vindo do Swansea, equipe onde fez um grande trabalho, conseguindo o acesso para a Premier League com os galeses.
 
Em sua primeira entrevista para a LFC TV, Rodgers falou sobre colocar o Liverpool na trilha de sucesso: " Eu só gostaria de dizer que estou honrado e abençoado em ser o seu técnico. Tudo o que posso prometer é que eu irei lutar pela minha vida pelo clube. Minha família irá se mudar para a área e nós estamos realmente excitados por mudarmos para Liverpool, conhecer o clube e as pessoas que moram aqui. Não deixarei pedra sem ser movida em minha missão, e minha missão será implacável, para tentar e conseguir o Liverpool de volta na trilha de um clube de sucesso."
 
As coisas não começaram bem, já que o time teve seu pior início em 101 anos no Campeonato Inglês. Após a 'tempestade', Brendan Rodgers conseguiu arrumar o time e extrair o melhor de seus jogadores. Apesar da grande evolução apresentada, os Reds chegaram apenas à sétima colocação com 61 pontos conquistados. Sobre o comando de Kenny Dalglish, o antecessor de Rodgers, o time ficou na oitava colocação, tendo conquistado apenas 52 pontos.
 
A evolução também é vista dentro de campo e Luis Suárez é um grande exemplo disso. Antes de Brendan Rodgers, o atacante uruguaio tinha feito 23 gols e 11 assistências em 52 jogos pelo Liverpool. Já com  Rodgers, os números são impressionantes: em 69 partidas o atacante balançou as redes por 53 vezes e colecionou 14 assistências. No início da temporada 2012-13, Suárez afirmou em uma entrevista que com Rodgers o Liverpool seria bem sucedido. 
 
E o que tudo indica, Suárez estava certo. O clube faz uma ótima temporada em 2013-14, e volta a ser protagonista na Inglaterra. Rodgers sempre deixou bem claro que o time tinha como objetivo principal retornar à Liga dos Campeões, mas o treinador não descarta a possibilidade de título: "Somos um chihuahua que corre entre as pernas dos cavalos". 
 
LEIA MAIS: Técnico do Liverpool diz que time lutará até o fim pela Premier League.
 
Depois da vitória sobre o Fulham na ultima rodada da Premier League, o treinador alcançou a marca de 64 jogos pelo campeonato no Liverpool e atingiu bons números. Em um comparativo dos primeiros 64 jogos de Brendan Rodgers com Rafael Benítez pela Premier League, o técnico atual mostra certa paridade:

Rafa Benítez, atualmente no Napoli, foi importante para a história do Liverpool. O treinador comandou por 6 temporadas o clube inglês e conquistou a Champions League em 2004-05, se tornando ídolo em Anfield.

Comandado por Brendan Rodgers, o Liverpool vem fazendo sua melhor temporada dos últimos anos. O time soma 53 pontos na Premier League, atualmente quarta colocação, quatro pontos atrás do Chelsea, líder da competição. O time também mostra sua força em Anfield: são 34 pontos conquistados, 11 vitórias, 1 empate e apenas 1 derrota. O time tem como objetivo retornar a Liga dos Campeões depois de quatro temporadas e partir em busca do sexto título. O "chihuahua" de Rodgers promete dar trabalho.
 
VAVEL Logo