Com direito a show e golaço, Arsenal goleia Sunderland

Nesse sábado (22) o Arsenal venceu o Sunderland no Emirates Stadium por 4 a 1. Após derrota no meio da semana para o Bayern, os gunners vieram com tudo para voltar ao topo da Premier League. Giroud anotou duas vezes e o placar foi aumentado por Koscielny e por um lindo gol de Rosicky, numa jogada trabalhada pelo setor ofensivo dos londrinos, do lado dos visitantes, Giaccherini fez um belo gol de longe vencendo Szczesny, que não sofria gol no Emirates a 6 partidas, em jogos válidos pela Premier League. A vitória porém não foi o suficiente, e o Chelsea ainda ocupa a primeira posição com 60 pontos, contra 59 do Arsenal, o Manchester City vem logo atrás com 57.

Tentando apagar a má impressão causada na última quarta, o Arsenal começou o jogo indo pra cima e não demorou a abrir o placar. Wilshere recebeu a bola no meio campo e trocou passes com Rosicky na entrada da área, o jovem meia tentou a finalização mas acabou bloqueado, e no rebote, Giroud bateu com firmeza no canto para abrir o placar e comemorar beijando a aliança e batendo no coração, para simbolizar o pedido de desculpas a sua esposa, Jennifer, após o caso de traição na última semana. 

Mesmo após a vantagem inicial, o Arsenal seguiu martelando para aumentar o marcador, mas pecava na finalização e facilitava o trabalho para o ex-gunner Vito Mannone, que trabalhou de verdade apenas na forte finalzação de Podolski aos 20 minutos. Como de costume, a equipe de Arsene Wenger comandava as ações e abusava dos passes curtos e das inversões de jogada para tentar infiltrar na defesa dos Black Cats, mas o segundo gol veio a sair num lance inusitado.

Mannone tentou sair jogando com a defesa, a linha ofensiva do Arsenal pressionou e a bola foi recuada para o zagueiro Vasili, que buscou voltar para o goleiro, mas viu Giroud se antecipar e tocar por entre as pernas do italiano para colocar o a bola no fundo das redes mais uma vez e marcar o seu décimo gol na competição. Agora mais tranquilo, os donos da casa só administraram a vantagem e buscavam oportunidades, o Sunderland por sua vez não apresentava perigo a Szczesny. Na cobrança de falta ensaiada, Podolski só conseguiu o escanteio.

Antes do fim do primeiro tempo ainda tivemos tempo para uma pintura assinada por Tomas Rosicky. Wilshere avançou pela faixa de meio campo e abriu para Rosicky na direita, o checo recebeu e trabalhou com Cazorla e novamente com o jovem inglês, tocou para Giroud que de calcanhar só escorou para o Little Mozart encobrir o goleiro e despertar a euforia no Emirates Stadium com um dos gols mais bonitos da temporada.

Com o placar elástico ainda no fim do primeiro tempo, o Arsenal relaxou e viu o Sunderland crescer no comecinho da segunda etapa, principalmente com o sangue novo trazido por Larsson e Giaccherini. Os Gunners porém voltaram a marcar, dessa vez em uma cabeçada de Koscielny após escanteio de Cazorla, 4 a 0 no placar. Despreocupado, o Arsenal tocava a bola e abusava do contra-ataque buscando ainda mais.

Porém foi o Sunderland quem finalmente furou a defesa londrina, e após 6 jogos sem sofrer gols atuando em casa pela Premier League, Szczesny teve que buscar a bola no fundo das redes. Após cobrança de falta na área, o goleiro polônes saiu de soco e afastou, a bola caiu direito nos pés do italiano Giaccherini, que encheu o pé e anotou um golaço de longe, no cantinho. Os visitantes ainda tiveram mais uma oportunidade, mas o atacante Scocco, ex-Internacional finalizou por cima do gol. 

Com os três pontos na conta, o Arsenal cola no líder Chelsea e mantém vivo o sonho de voltar a ser campeão, já o Sunderland volta as atenções para a partida contra o Manchester City, no próximo domingo, em jogo válido pela Capital One Cup.

VAVEL Logo