Sorteio dos grupos das Eliminatórias para a Eurocopa de 2016 ocorre neste domingo
Partidas das Eliminatórias para a Euro 2016 começarão a ser jogadas no dia sete de setembro, pouco tempo após a realização da Copa do Mundo no Brasil (Foto: Reprodução / uefa.com)

Neste domingo (23), às 8h (horário de Brasília), o Palais des Congrès Acropolis, em Nice, será o palco do sorteio dos grupos das Eliminatórias para a Eurocopa de 2016. As 53 seleções estão divididas em seis potes, sendo cinco com nove equipes e um com oito. A novidade fica por conta da presença da Bósnia-Herzegovina no grupo das cabeças-de-chave. Os potes foram anunciados pela Uefa em 24 de janeiro.

Pote 1: Espanha, Alemanha, Holanda, Itália, Inglaterra, Portugal, Grécia, Rússia e Bósnia-Herzegovina.

Pote 2: Ucrânia, Croácia, Suécia, Dinamarca, Suíça, Bélgica, República Tcheca, Hungria e Irlanda;

Pote 3: Sérvia, Turquia, Eslovênia, Israel, Noruega, Eslováquia, Romênia, Áustria e Polônia; 

Pote 4: Montenegro, Armênia, Escócia, Finlândia, Letônia, País de Gales, Bulgária, Estônia e Bielorrússia;

Pote 5: Islândia, Irlanda do Norte, Albânia, Lituânia, Moldávia, Macedônia, Azerbaijão, Geórgia e Chipre;

Pote 6: Luxemburgo, Cazaquistão, Liechtenstein, Ilhas Faroe, Malta, Andorra, San Marino e Gibraltar.

Ano de Copa do Mundo, 2014 também é a época na qual será dada a largada rumo à Eurocopa 2016. A 15ª edição do maior campeonato de seleções da Europa será realizada na França, no período de 10 de junho a 10 de julho, em dez cidades: Paris, Saint-Denis, Bordeaux, Toulouse, Marseille, Nice, Saint-Étienne, Lyon, Lens e Villeneuve-d'Ascq. Pela primeira vez, a Euro terá 24 integrantes em sua fase final. Será, também, a terceira oportunidade em que a França sediará o evento - as outras duas foram em 1960, sendo esta a primeira edição da história da Euro, e em 1984.

Gibraltar, pequeno território da Espanha que tem ligações com a Inglaterra, foi recentemente reconhecido como seleção da Uefa e estreará em competições oficiais. Mandará seus jogos no Estádio Algarve, cuja capacidade é de 30.305 pessoas, em Portugal. Por questões políticas - a Espanha se opôs à entrada da seleção na entidade -, o selecionado "caçula" não poderá ficar no mesmo grupo da Fúria, atual bicampeã europeia e campeã mundial. O mesmo ocorre com Azerbaijão e Armênia, países que disputam a hegemonia da região do Nagorno-Karabakh. Diferentemente das últimas edições de eliminatórias, Rússia e Geórgia, nações as quais têm passado por constantes conflitos territoriais, concordaram em jogar no mesmo grupo, caso o sorteio lhes submeta a isto.

Em sua primeira partida como membro da Uefa, Gibraltar surpreendeu ao empatar sem gols com a Eslováquia, que disputou uma Copa do Mundo recentemente - a de 2010 -, em amistoso disputado na sua "nova casa".

        

Seleção de Gibraltar é a principal novidade das Eliminatórias para a Eurocopa de 2016 (Foto: AP Photo)

Outro fato o qual chamará atenção é a presença da França, país-sede, nas Eliminatórias. Os Bleus disputarão a fase qualificatória, que normalmente não conta com o anfitrião da competição, mas só em caráter amistoso. Serão a "seleção extra" do Grupo I, o qual terá cinco integrantes. Os franceses disputarão partidas amistosas contra a equipe que "folgaria" na rodada da chave. Tais confrontos não contarão pontos para o grupo, ou seja, não terão influência no mesmo.

Excetuando o Grupo I, as oito chaves restantes terão seis seleções cada. As líderes e vice-líderes de cada grupo e a melhor terceira colocada garantirão vaga automática na Euro 2016. Os outros oito terceiros colocados participarão de uma repescagem a qual definirá os últimos participantes do certame. Para se conhecer a melhor dona do terceiro posto, serão desconsiderados os resultados dos jogos contra os piores selecionados de cada grupo. Em caso de empate no número de pontos, os critérios de desempate serão, em ordem de importância: saldo de gols, gols pró, gols marcados fora de casa, fair play e posição no Ranking de Seleções da Uefa.

Na fase final, a Eurocopa contará com seis grupos de quatro seleções. Passarão às oitavas-de-final os líderes e vice-líderes de cada chave, além dos quatro melhores terceiros colocados. A partir daí, os times se enfrentarão em jogo único com o intuito de decidir o campeão do torneio. As maiores campeãs são Alemanha e Espanha, cada uma com três títulos conquistados. A anfitriã França já foi campeã duas vezes e tentará se igualar aos alemães e aos espanhóis no número de taças adquiridas.

VAVEL Logo