Bayern passeia em Hannover e abre 19 pontos de vantagem na liderança da Bundesliga

Embalados pela vitória contra o Arsenal durante a semana, o Bayern de Munique não teve dificuldades para derrotar o Hannover 96 na 22ª rodada da Bundesliga. Em partida realizada na HDI-Arena, na Baixa Saxônia, os visitantes venceram pelo placar de 4 a 0, com gols de Müller (duas vezes), Thiago Alcântara e Mandzukic. Esse foi o 50º duelo entre as equipes.

A novidade maior foi a volta de Bastian Schweinsteiger à escalação inicial – e o volante fez escelente atuação. O camisa 31 entrou no decorrer da partida nos últimos jogos, após regressar de um período de recuperação de uma cirurgia no tornozelo. Além disso, os líderes não contaram com os trabalhos de Neuer e o brasileiro Dante, poupados.

Confira como foi o lance a lance de Hannover 0x4 Bayern de Munique

Com o placar deste domingo (23/02), o Hannover 96 coninua sendo o 11º colocado com 24 pontos. O Bayern também se mantem na primeira colocação, mais líder do que nunca, agora com 61 pontos – 19 a mais que o vice-lider Bayer Leverkusen.

O próximo jogo do Hannover é no dia 1º de março, contra o Augsburg, fora de casa, pela Bundesliga. Já o Bayern tem pela frente o Schalke 04, no mesmo dia, na Allianz Arena.

Maestro Schweinsteiger

O Bayern já começou criando sua oportunidade com Mandzukic, de cabeça, aos quatro minutos. Mas o Hannover não deixava os visitantes ter vida fácil e também chegava ao ataque, fazendo com que as duas equipes tivem boas chances. Aos 11 minutos, foi Boateng que assustou os torcedores do Hannover. Após jogada pela esquerda, o zagueiro driblou Schmiedebach e chutou cruzado. O goleiro Zieler defendeu sem problemas. Aos 16 minutos, Starke teve que sair do gol para barrar Rudnevs, que avançava pela esquerda.

E foi a equipe de Munique que teve a primeira oportunidade convertida em gol. Schweinsteiger deu um tapa de primeira para Rafinha, que avançou pela direita. O brasileiro fez cruzamento perfeito para Müller abrir o placar de cabeça aos 25 minutos. E foi o mesmo brazuca que deu assistência para Mandzukic levar preigo ao gol adversário poucos minutos depois, mas o goleiro defendeu. Zieler mal respirou e já tinha outro chute de Müller para defender.

O Bayern pressionava muito em busca de mais um gol – e conseguiu. Thiago Alcântara recebeu a bola de Schweinsteiger e mandou pro gol aos 32 minutos. O vice-capitão bávaro marcava sua volta à titularidade com cheve de ouro.

Na reta final da primeira etapa, Bittencourt teve que ser substituido. Desde a falta sofrida por Rafinha, o ex-Borussia Dortmund mancava em campo. Enquanto isso, Bayern continuava sua troca de passes em busca de brechas na zaga adversária. Sem acressimo, as equipes foram para o vestiário com o time da casa em desvantagem.

Tem espaço para mais

O lider do campeonato voltou para o gramado acompanhado de vaias da torcida. Mas isso não afetava os jogadores que, sem pressa, procuravam manter a posse de bola. Nos minutos iniciais, Rudnevs mandou a bola por cima do gol de Starke. Aos 56 minutos, Prib fez cruzamento para Diouf que cabeçeou, mas Starke estava atento e se jogou para defender. Dois minutos depois, o guarda-redes dos visitantes fez outra importante defesa. Huszti recebeu boa bola pela direita, tirou Starke da jogada e bateu para o gol, mas demorou muito e o goleiro bávaro conseguiu fazer a intervenção.

Se a o Hannover já teria um grande trabalho para conseguir a virada, a missão ficou mais difícil ainda aos 59 minutos. Após passe de letra de Mandzukic, Müller recebeu dentro da área e marcou o seu 10º gol na Bundesliga.

Minutos depois, era o Bayern mais uma vez no taque. Mandzukic recebeu cruzamento de Rafinha e, de voleio, mandou pro gol, porém sem sucesso. Mas o que era dele estava guardado. Após mais um cruzamento de Rafinha, o croata subiu mais que a zaga do Hannover e anotou o quarto gol bávaro, aos 66 minutos.

Mas Guardiola não estava satisfeito e fez alterações para deixar o time ainda mais ofensido. Ao mesmo tempo, o Hannover continuava lutando. Aos 81 minutos, Schulz chutou forte, mas o goleiro bávaro não deu moleza. O Hannover temtou precionar no final do jogo, porém o gol do Bayern permaneceu mais uma vez intacto.

VAVEL Logo