Napoli sofre gol no final e apenas empata com Genoa em casa

Nesta segunda-feira (24), pela 25ª rodada da Serie A, no estádio San Paolo, o Napoli empatou com o Genoa em casa por 1 a 1, com empate sofrido nos minutos finais. Higuaín marcou o gol napolitano, enquanto Calaiò, de falta, fez para os genoveses, que comemoraram muito o empate após o fim do jogo, diferentemente dos napolitanos, que lamentaram. 

A sorte desta rodada para o Napoli foi o empate da Fiorentina contra o Parma, que mantém a diferença em 6 pontos, exatamente a mesma distância do Napoli para a Roma, segunda colocada, enquanto a distância para a líder absoluta Juventus aumenta para 15 pontos. Enquanto isso, o Genoa se manteve no meio da tabela com 32 pontos. 

Napoli e Genoa entraram em campo no estádio San Paolo, com objetivos diferentes: o Napoli já entrava sabendo que a vitória o manteria na corrida atrás da Roma e da distante Juventus, e colocaria mais 2 pontos a frente da Fiorentina, que havia empatado com o Parma mais cedo. Já o Genoa buscava pelo menos um empate, para se manter no meio da tabela, e longe da briga contra o rebaixamento.

Primeiro tempo de massacre napolitano nos minutos iniciais

O primeiro tempo começou com algo diferente dos últimos jogos: ao contrário dos últimos jogos, hoje o Napoli tomou a iniciativa de atacar logo nos primeiros minutos, e criou a primeira chance concreta aos 4 minutos, quando Higuaín, após jogada individual, soltou um chute que passou raspando a trave direita.

Aos 9, Mertens recebeu na entrada da área e disparou uma bomba que foi no alto do gol, e que foi bem defendida por Perin, que colocou a bola pra escanteio. Aos 13, Mertens recebeu cruzamento e chutou, mas a bola passou a direita do gol.

Aos 18, o gol do Napoli, Higuaín recebeu na entrada da área, cara a cara, e tocou por cima do goleiro pra fazer o primeiro gol do Napoli na partida, e seu décimo-terceiro gol na Serie A, virando o vice-artilheiro do campeonato. O gol que relaxou a equipe, e por esse relaxamento traria o Genoa ao ataque.

Aos 21 minutos, Konaté consegue uma boa corrida, toca na saída de Reina e a bola não entra. Isso porque Fernandez tirou a bola em cima da linha. Desde então, foram poucas emoções até o fim do primeiro tempo.

Napoli punido com o empate por não atacar no segundo tempo

O segundo tempo começou morno, com os times parecendo retribuir a famosa amizade fora de campo entre as torcidas azzurri partenopei e grifoni. Foram poucas as chances no segundo tempo, até que aos 22 minutos, Sculli alcançou o cruzamento na área, conseguiu espaço para o chute, mas a bola saiu a direita do gol de Reina.

O placar favorável ao Napoli fazia o time não atacar. E o time foi castigado aos 38 minutos com uma falta próxima a área após uma falta de Mertens, que havia acertado o rosto do jogador grifoni, e levou o cartão amarelo.

Calaio, que só havia marcado uma vez nessa temporada (no clássico contra a Sampdoria), e que havia jogado no Napoli na temporada anterior, cobrou a falta no ângulo direito de Reina e marcou um belo gol, o empate do Genoa. Calaiò não comemorou o gol em respeito a sua ex-equipe. 

O Napoli tentou ir ao ataque, com o técnico Rafa Benítez colocando Pandev no lugar de Mertens, mal como todo o time no segundo tempo. Mas não criou nada de concreto, e saiu com mais 2 pontos perdidos em casa, que fazem o time ficar longe demais da briga pelo título, e deixar a Roma se distanciar na briga pela vaga direta para a Champions League. Por outro lado, os jogadores do Genoa e o técnico Gianpiero Gasperini, comemoraram no gramado o empate conseguido nos minutos finais.

VAVEL Logo