Com show no segundo tempo, Newell's goleia Vélez

Newell's Old Boys e Vélez Sarsfield se enfrentaram na noite desta quarta-feira (05) pela 6ª rodada do Torneo Final 2014, em Rosário. O Newell's venceu por 4 a 1 com gols de Gabriel Heinze, Milton Casco, Cristian Díaz e Víctor Figueroa. Roberto Nanni descontou para o Vélez.

O duelo em Rosário envolveu duas equipes que estão em alta na temporada. O Newell's, após fraco início, emendou um 4 a 1 sobre o Atlético Rafaela, 4 a 0 sobre o Nacional-URU pela Libertadores e mpatou com o bom time do estudiantes em La Plata. Já o Vélez, com seis pontos em dois jogos na Libertadores, venceu o Boca Juniors em casa na última rodada. Há uma dúvida sobre o futuro do Fortín, já que praticamente todos os reservas da equipe são garotos da base com pouca rodagem.

Para a partida, a Lepra não pode contar com suas duas grandes peças: Banega e Maxi Rodríguez, convocados para a Seleção Argentina. Marcos Cáceres, Fabián Muñoz e Martín Tonso, com lesões, ficaram de fora. Os dois primeiros, titulares, foram substituídos por Cristian Díaz e Ezequiel Ponce, dois jovens da base leprosa. Já Turu Flores teve o time do Vélez completo a sua disposição, contando com a volta do suspenso Tobio, que não jogou diante o Boca. Roberto Nanni, pela primeira vez após sua volta ao clube, foi relacionado.

Com a vitória, o Newell's encostou na parte superior da tabela e, mesmo com o péssimo início de torneio, é um favoritos ao título pelas últimas atuações. A Lepra está na sexta colocação com nove pontos. O Vélez fica em quinto, com 10 pontos. Na próxima rodada, o Newell´s visita o Olimpo e o Vélez recebe o Belgrano.

Intensidade de ambos os lados e gol nos acréscimos 

Intensidade e equilíbrio são as duas palavras que definem esse primeiro tempo. Do lado do Newell's, o garoto Ezequiel Ponce foi o principal criador de jogadas. Enquanto isso, do lado do Vélez, Mauro Zárate foi o protagonista e o único a levar perigo ao arco defendido por Guzmán. Logo aos dois minutos, Ezequiel Ponce, fez jogada individual e chutou cruzado com a canhota. A bola passou muito perto do arco de Sosa. Já aos nove, Ponce lançou Figueroa e completou, de cabeça, na entrada da área. Sebastián Sosa, em dois tempos,  defendeu.

O Vélez teve dez minutos de blitz despediçados. Aos 11, após erro na saída de bola, Pratto deixou Mauro Zárate cara a cara com Guzmán. O artilheiro parcial do torneio, com cinco gols, tirou demais e mandou para fora. Oito minutos mais tarde, contra-ataque puxado por Pratto com abertura para Zárate, que cortou para a perna direita e exigiu boa defesa de Guzmán.
 
Aos 21 minutos, lance quase idêntico, após lindo toque de calcanhar de Pratto, porém o chute de Zárate foi travado por Víctor López. Aos 34, Mauro Zárate chutou forte de fora da área com a perna esquerda e obrigou Nahuel Guzmán a fazer defesa sensacional, tocando para escanteio. O castigo pelas chances desperdiçadas ocorreu aos 45 minutos. Víctor Figueroa cobrou falta na área e Heinze - criticado por um gol contra e dois pênaltis cometidos - desviou de cabeça para abrir o marcador.
 
Desde o primeiro minuto, supremacia e show do Newell's
 
O Newell's Old Boys voltou para o segundo tempo para massacrar. No primeiro minuto, Casco roubou bola no meio-campo, arrancou, abriu para Ponce, que cruzou para Casco completar. 2 a 0 com gol de um lateral-esquerdo aparecendo na área para finalizar. Aos nove, Cristian Díaz tocou para Víctor Figueroa, correu para a área, recebeu excelente cavadinha e tocou na saída de Sebastián Sosa, marcando seu primeiro gol na Primera División. 3 a 0 e e, aos dez minutos do segundo tempo, já se ouvia o "Olé" nas arquibancadas do Coloso del Parque.
 
Aos 19 minutos, Víctor Figueroa atravessou o campo puxando contra-ataque e chutou de fora da área para linda defesa do uruguaio Sosa. A partir daí, a Lepra se acomodou e viu o Vélez crescer.  Aos 24, Nanni, estreante da noite, mostrou sua características e assustou o Newell's com belo chute de fora da área. Nove minutos mais tarde, o mesmo Roberto Nanni recebeu lançamento entre os zagueiros e tocou na saída de Guzmán para descontar. 3 a 1.
 
O que poderia ser o início de uma reação atiçou os ânimos do Newell's, que partiu para cima para liquidar a partida. Aos 42, o experiente Bernardi roubou bola na saída de jogo de Papa, e Figueroa surpreendeu Sosa com um chute de muito longe, pouco a frente da linha do meio campo. Um golaço. 4 a 1 e fatura liquidada.
 

Outros resultados da rodada:

Colón 1 X 1 Godoy Cruz

Gimnasia 1 X 1 Atlético Rafaela

All Boys 0 X 0 Belgrano

Belgrano 1 X 1 Estudiantes

Lanús 1 X 0 Racing

Boca 2 X 0 Olimpo

                                                                                                                                                                                                                                                       GS

VAVEL Logo