Sami Hyypia é demitido do Leverkusen; Lewandowski assume até o final da temporada
Hyypiä (à dir.) e Lewandowski treinaram juntos o Leverkusen na temporada passada (Foto: Divulgação/Bundesliga)
Em sua primeira temporada como treinador, o ex-zagueiro finlandês Sami Hyypiä foi muito elogiado devido ao excelente trabalho que vinha fazendo no comando do Bayer Leverkusen, inclusive classificando a sua equipe para as oitavas de final da atual temporada da Uefa Champions League. Entretanto, péssimos resultados ocorridos em 2014 resultaram na sua demissão, após 47 jogos à frente dos aspirinas. Sascha Lewandowski, que treinou o Leverkusen junto à Hyypiä na temporada passada, assume o cargo até o final da Bundesliga 2013/14.
 
Michael Schade, presidente do Leverkusen, agradeceu ao finlandês pelos serviços prestados à equipe: "Depois de uma séria análise tendo em vista a crise contínua, chegamos a conclusão de que uma mudança na gestão da equipe seria a única maneira de voltarmos aos nossos objetivos. Gostaria de agradecer a Sami Hyypiä por seu comprometimento com a equipe nos últimos anos. Ele contribuiu muito para o nosso sucesso nas últimas temporadas, tanto como jogador quanto treinador" concluiu.
 
Rudi Völler, diretor executivo do clube, afirmou que era a melhor alternativa para pôr fim na crise que assola  a equipe: "Foi uma decisão difícil para nós, os resultados alcançados por ele junto a equipe superaram as nossas expectativas e ele foi muito elogiado pelo bom trabalho que vinha fazendo. Porém, os péssimos resultados obtidos nas últimas semanas não nos deixa outra escolha além da sua demissão. Queremos à todo custo salvar esta temporada" afirmou.
 
Além disso, Völler admitiu confiar no trabalho de Lewandowski e relembrou dos momentos em que o mesmo ajudou o Leverkusen: "Sascha provou que é um grande treinador quando nos ajudou enquanto passávamos por uma situação crítica, quando trabalhou junto à Hyypiä após a saída de Robin Dutt. Estamos convencidos de que ele terá sucesso novamente" ressaltou.
 
Sascha Lewandowski, que atualmente é treinador do time de base do Bayer Leverkusen, lamentou a saída de Hyypiä mas está confiante em um bom trabalho neste final de temporada para assegurar uma vaga na próxima Uefa Champions League, principal objetivo do clube: "Não é fácil pra mim assumir o lugar de Hyypia, trabalhamos juntos no comando da equipe por toda uma temporada e é uma pena alguém como ele não conseguir finalizar o seu trabalho com êxito. No entanto, como novo treinador da equipe eu tenho a responsabilidade de enfrentar esse desafio e, junto ao elenco, farei todo o possível para salvar esta temporada". 
 
BS
VAVEL Logo