Lyon domina, goleia Bastia e segue vivo em busca de uma vaga na Europa League

O Lyon se impôs em casa e venceu o Bastia por 4 a 1 na 35ª rodada da Ligue 1. Com a vitória, os Gones continuam na cola do Saint-Étienne com 58 pontos, dois a mais que os adversários, e ainda sonham com um tropeço dos Verts para assegurarem vaga na próxima edição da Europa League. O Bastia perdeu uma posição na tabela e caiu do 10º para o 11º lugar, com 44 pontos.

O Bastia não pôde contar com o experiente zagueiro Sebastien Squillaci, os laterais Gilles Cioni e Julien Palmieri e com o meia Milos Krasic. Já o meia Teofilou Maoulida e o atacante Djibril Cissé, que estavam retornando de lesão, não foram nem convocados por estarem se recuperando fisicamente. Entretanto, o defensor Féthi Harek voltou a ser relacionado após ter se recuperado de problemas musculares.

Já o Lyon teve a volta do goleiro Rémy Vercoutre, que cumpriu suspensão de três jogos após ter sido expulso quando estava no banco de reservas no jogo contra o Valenciennes. De resto, os desfalques são os mesmos. O lateral Miguel Lopes, o volante Gueïda Fofana, que recebeu uma má notícia e ficará ausente até o fim da temporada, e os meias Yoann Gourcuff e Clément Grenier.

Na 36ª rodada, que terá início no próximo final de semana, o Lyon fará o Choc des Olympiques, clássico contra o Marseille, no domingo (4) às 16h. O Bastia entra em campo dois dias antes, sexta (2), para receber o Lille em seu estádio às 15h30. Os jogos acontecerão no horário de Brasília.

Lyon se impõe e abre vantagem de forma tranquila

No primeiro tempo, desde o início o Lyon tentou impor seu jogo e teve sucesso. O Bastia chegou a levar perigo com alguns contra-ataques, mas fez pouco depois que os Gones abriram o placar.  Aos 14 minutos, com uma boa troca de passes, o Lyon foi empurrando o Bastia contra seu próprio campo e foi recompensado. O lateral Henri Bedimo recebeu a bola na ponta esquerda e numa lance individual, numa arrancada curta, o jogador conseguiu efetuar um cruzamento para o segundo poste, onde o atacante Bafetimbi Gomis fugiu da marcação do defensor, subiu livre e escorou direto para as redes de Mikael Landreau, abrindo o placar para o Lyon.

O Bastia tentava sair rápido no contra-ataque, mas não era efetivo na hora de trocar de passes. Com a pressão que o Lyon exercia, o clube perdia rapidamente a bola e ficava confuso a cada jogada trabalhada do adversário.

Fazendo um bom jogo, não demorou muito para o Lyon ampliar o placar. Com uma boa jogada em velocidade, Gomis recebeu lançamento da defesa e partiu direto para a área. Após dominar no peito, chutou cruzado e obrigou o goleiro Landreau a intervir, afastando a bola com os pés. No rebote, o jovem meia Nabil Fekir apareceu no centro da área e rematou para o gol sem nenhuma dificuldade, marcando o segundo do Lyon.

Na primeira etapa, o Lyon comandou a partida transformando seu domínio em gols e o Bastia foi inofensivo, tendo aproveitado um erro do lateral direito Christian Tolisso para criar uma situação de gol. A insatisfação do treinador do Bastia, XX, foi tanta que logo no primeiro tempo ele já resolveu mexer no time. Tirou o meia Wahbi Khazri, um dos principais jogadores da equipe e que não estava num dia feliz, para colocar o meia Julien Sablé. O Lyon ainda quase fez o terceiro no final do primeiro tempo, quando Nabil Fekir cobrou falta no ângulo esquerdo de Landreau e o goleiro esticou o braço para efetuar uma grande defesa e salvar o Bastia.

Bastia diminui, mas Lyon se recupera e dobra o placar

O segundo tempo mal teve início e o Bastia logo abriu o placar aproveitando uma confusão na área numa cobrança de escanteio. O goleiro Anthony Lopes subiu e afastou a bola, que sobrou no pé do defensor François Modesto. O jogador rematou para o gol e o atacante Gianni Bruno, que estava posicionado embaixo do gol praticamente, desviou o chute e fez com que a bola entrasse, diminuindo o placar para 2 a 1.

Mas a reação do Bastia logo foi freada, também numa jogada de escanteio. O meia Nabil Fekir foi preciso mais uma vez e lançou a bola direto na cabeça de Bakary Koné, que surgiu livre na pequena área e mandou direto para o gol, deixando a situação mais tranquila para o Lyon com um 3 a 1.

Aos 19 minutos, o Lyon transformou a vitória em goleada em mais uma bela jogada. Tocando desde a defesa, o ataque imprimiu um ritmo rápido com Alexandre Lacazette e Nabil Fékir, que seguiu até a entrada da área e tocou para o seu companheiro, que dominou com tranqüilidade no lado direito e fez o quarto do Lyon e o seu 15º na temporada.

Após o gol, o ritmo da partida diminuiu. Os visitantes ainda tentaram impor mais velocidade sobre a defesa do Lyon, mas foram previsíveis e não ameaçaram o goleiro Anthony Lopes.

Com poucos jogadores no campo de ataque, sem nenhuma profundidade e muito lento na transição, o Bastia não conseguiu quebrar o bom posicionamento defensivo do Lyon e não aproveitou os erros que a defesa adversária cometeu, tornando assim a derrota mais que merecida. Wahib Khazri e Ryad Boudebouz estiveram sumidos enquanto em campo, sendo que os dois são na teoria a principal fonte de criatividade da sua equipe.

WP

VAVEL Logo