Na despedida de van Basten, Heerenveen vence RKC Waalwijk fora de casa
(Foto: Reprodução/ Voetbalblog)

Na despedida de van Basten, Heerenveen vence RKC Waalwijk fora de casa

Visitantes venceram o RKC por 3 a 0 e confirmaram vaga nos playoffs da Uefa Europa League; RKC brigará para não cair

rudiiellemendes
Rudielle Mendes
RKC WaalwijkVan Dijk; Ivens, Van Hoevelen (Van Mosselveld MIN. 46), Amieux, Apau; Sno (Lieder MIN. 73), Braber, Castelen (Schet MIN. 58); Duits, Anderson, Jungschlager. Técnico: Erwin Koeman
HeerenveenNordfelt; Kum, Kruiswijk, Marzo, Van Anholt (De Kamps MIN. 78); Van Aken (Dijks MIN. 84), Van den Berg (Slagveer MIN. 74), De Roon, Sinkgraven; Basacikoglu, Finnbogason
Placar0-1, min. 40,Van Den Berg.0-2, min. 61, Basacikoglu. 0-3, min 67, Finnbogason.
ÁRBITROBjorn Kuipers. Cartão amarelo: Van Hoevelen (MIN. 36). Amieux (MIN. 67)
INCIDENCIASJogo válido pela 32° rodada da Eredivisie, jogo realizado no Mandemakers Stadion

Em partida realizada nesta tarde de sábado (3), Heerenveen e RKC se enfrentaram no Mandemakers Stadion, pela última rodada da Eredivisie e os visitantes venceram por 3 a 0, com gols de Van den Berg, Basacikoglu e do artilheiro da competição Alfred Finnbogason. Foi a última partida do Heerenveen sobre o comando do treinador Marco Van Basten.

O RKC não pode contar com Beaguel suspenso e Rommedahl, Najah e Den Hartog, ambos machucados. Van Basten sofreu mais com desfalques, Lurling e Van La Parra machucados. Ziyech, que está em situação indefinida no clube, ficou de fora da partida.

Com o resultado, os frísios terminam a Eredivisie na quinta colocação, assegurando a disputa dos playoffs da Uefa Europa League. Já o RKC se manteve em 16° lugar, e irá disputar o playoff do rebaixamento contra o NEC Nijmegen, que terminou em 17° depois do empate de 2 a 2 contra o Ajax.

Jogo equilibrado, mas Heerenveen sai na frente

O jogo começou sem nenhuma agressividade das equipes, os dois trocando passes no meio de campo, Barber deu a primeira finalização do jogo, mas parou na mão de Nordfeldt. Em jogada confusa, onde De Roon e Sno se enrolaram, van Anholt pegou a bola e arrancou, chutando rente a trave de Van Dijk.

Castelen chegou a área rival, mas o chute foi para fora. O Heerenveen tentava chegar, mas Basacikoglu não estava em um dia inspirado, e não completava em gol as poucas chegadas do time.  Em jogada pela esquerda, Sno desvencilhou da zaga, mas chutou fraco e rasteira, dando chances para a defesa de Nordfeldt.  O RKC, que precisava mais da vitória, era quem buscava mais o gol, mas faltava qualidade no complemento das jogadas.

Aos 32 minutos, em falha da defesa dos frísios, Sno recebeu mais uma vez, e dentro da área chutou na trave do goleiro rival, perdendo sua melhor chance na partida. Em cobrança de falta, Basacikoglu chutou fraco e bola saiu pelo lado esquerdo. Aos 40 minutos, veio a melhor jogada do Heerenven. Sinkgraven driblou o zagueiro e tocou para Van den Berg, que deixou Van Dijk sem chances, abrindo o marcador. Nos acréscimos, Anderson chutou para ótima defesa de Nordfeldt.

Frísios superiores, e a vitória foi confirmada

Logo no início do segundo tempo, Finnbogason limpou a defesa e fez Van Dijk espalmar para o lado. Os comandados de Van Basten administravam bem a posse de bola e chegavam assustando a defesa dos donos da casa. Em bola levantada na área, a bola sobrou para Van Akren, que desperdiçou grande chance de aumentar o placar para os frísios.

Depois de insistir, o Heerenveen fez mais um gol. Aos 16 minutos,  depois de contra ataque, Finnbogason tocou para o o atacante Basacikoglu, que livre, chutou por cima de Van Dijk. O RKC começou a ir todo para frente, mas parava na sólida defesa dos visitantes. Primeira finalização do RKC na segunda etapa foi com Schet, que acabara de entrar, mas saiu pela linha de fundo. Mas o dia era do Heerenveen, Van Anholt foi derrubado na área, Finnbogason bate e marcou seu 29° gol na Eredivisie, aumentando o placar para 3 a 0.

O jogo passou a ficar morno, com o Heerenveen tendo a bola no pé, e o RKC sem esboçar reação. Van Basten mexeu no time apenas para ganhar tempo, e Koeman não tinha mais armas para furar o bloqueio da defesa.

VAVEL Logo

Holanda Notícias

há 3 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 4 meses
há 4 meses