DNCG divulga receitas dos clubes da Ligue 1 e Ligue 2
Segundo o relatório, oito clubes da Ligue 1 estão endividados (Foto: LFP)

A Direction Nationale du Contrôle de Gestion (Direção Nacional de Controle de Gestão) liberou todas as informações sobre as receitas dos clubes da Ligue 1 e da Ligue 2 na temporada 2012/2013.

De acordo com o documento, Rennes, Ajaccio, Brest, Lille, Paris Saint-Germain, Nancy, Bordeaux e Lyon, todos da Ligue 1, estão no vermelho. O Olympique de Marseille é o único que tem saldo zero. O Montpellier é o clube que mais teve lucro, com um superávit de pouco mais de 9,7 milhões de euros. Atrás do MHSC vem o Stade de Reims, com 3,3 milhões de euros de saldo.

A boa situação do Montpellier é explicada pelo título nacional conquistado na temporada 2011/2012. A conquista fez com que o clube recebesse um alto valor pelos direitos de transmissão no ano seguinte, além da venda de jogadores como Younes Belhanda (9 milhões de euros pagos pelo Dynamo Kiev) e Mapou Yanga-Mbiwa (cerca de 8 milhões de euros pagos pelo Newcastle).  

Já o Lyon é o último do ranking, com uma perda de 19,8 milhões computada. Para se adequar ao fair play financeiro da Uefa, o clube teve que se desfazer de jogadores importantes que recebiam salários altos na época. Sem disputar a Champions League, o clube viu uma importante fonte de renda ser cortada e a construção de um novo estádio também pesou no bolso do clube, que atualmente está apostando forte nas categorias de base.

O documento completo está disponível neste link.

VAVEL Logo