Em Turim, Sevilla e Benfica realizam a final da Uefa Europa League

Enfim chegou a tão esperada final da Uefa Europa League 2013-14. Sevilla e Benfica se enfrentaram nesta quarta-feira (14), às 15h45 (de Brasília), no estádio Juventus Stadium, em Turim (ITA), para saber qual time levantará o troféu da segunda competição mais importante de clubes.

Vindo de uma classificação dramática aos 49 minutos do segundo tempo, no segundo jogo da semifinal contra o Valencia, graças a um gol salvador de Stephane Mbia, o Sevilla irá em busca de seu terceiro título de UEL em menos de 10 anos. As últimas conquistas vieram em 2006 e 2007, quando os brasileiros Adriano, Daniel Alves e Luis Fabiano foram os protagonistas daquele histórico time.

LEIA MAIS: Dez anos depois, Reyes tenta saldar dívida de título com o Sevilla

Após uma profunda reformulação no elenco – antes do início da temporada os rojiblancos perderam várias peças importantes, como Álvaro Negredo, Jesús Navas e Gary Medel –, o time da Andaluzia trouxeram reforços, e deram certos. Prova disso é o atacante Kevin Gameiro, autor de 21 jogos na temporada. Com um incômodo no joelho, o francês é a principal preocupação do técnico Unai Emery. O meia Jairo Samperio, suspenso, não joga.

O Benfica, por sua vez, voltará de novo a Turim após derrotar o consolidado time da Juventus. Os encarnados ganharam o primeiro jogo da semifinal em Portugal por 2 a 1 e no jogo da volta seguram o empate. Embora venha fazendo uma campanha espetacular em todas as competições que está participando, o Benfica terá de quebrar um tabu: há mais de 50 anos as águias não conquistam um título europeu. Além disso, o time português vem de dois vice-campeonatos na UEL, e inclusive é o atual vice-campeão; perdeu para o Chelsea na temporada passada por 2 a 1.

LEIA MAIS: Benfica aposta na experiência dos brasileiros para conquistar a Europa League

Tudo isso graças à possível maldição que o ex-treinador da equipe nas épocas 1960-61 e 1962-63, Béla Guttman, deixou no clube após não haver acordo com a diretoria para um aumento salarial. Antes de ir embora, no entanto, a lenda húngara deixou uma frase que para muitos é considerada uma maldição: “Nem em cem anos o Benfica conquistará uma taça europeia”, disse.

Mesmo três jogadores suspensos, Lazar Markovic, Enzo Pérez e Eduardo Sálvio, o técnico Jorge Jesus não teve ter muito problema para armar seu time contra os rojiblancos.

Gameiro: “Vamos aproveitar o nosso momento”

Artilheiro do Sevilla, o atacante Kevin Gameiro frisou que a oportunidade de conquistar a Europa League não pode ser desperdiçada, mas o francês não tira os méritos do Benfica por ter avançado até a final e elogia o time encarnado.

Sabemos que é uma grande temporada do Benfica. Eles fizeram uma grande campanha, já ganharam o seu campeonato e bateram a Juventus, o que não foi uma tarefa fácil, especialmente em Turim”, disse Gameiro em coletiva de imprensa para a grande final.

Mas é uma final de um único jogo, tudo pode acontecer. A coisa mais importante é dar tudo de si não se arrepender de nada no final. Dar tudo, estar 100% em forma e depois ver o que acontece”, encerrou.

Luisão: “Vai ser muito difícil”

Capitão e ídolo do Benfica, o brasileiro Luisão terá a chance de levantar a primeira taça da equipe de Lisboa caso os portugueses sejam campeões. Há 11 anos na equipe lusitana, o brasileiro revela que espera desde criança por esta oportunidade.

É uma grande responsabilidade, mas muito gratificante. Desde que eu era criança, sonhava com isso, ter um papel desses em uma grande equipe, e este sonho se tornou realidade”, disse o zagueiro em coletiva de imprensa.

Em seguida, Luisão enalteceu as conquistas do Benfica jogando em Portugal, mas o capitão quer manter o foco para quebrar a maldição em torneio europeus. “Vai ser muito difícil. Somos duas equipes com um objetivo em comum nesta final. Tudo se resume a um jogo, e temos um grande respeito por eles. Sabemos que são duas equipes competindo nesta final”, finalizou.

VAVEL Logo